19 bons alimentos para diarréia (natural)

Existem bons alimentos para a diarréia com os quais você pode seguir uma dieta para preveni-la e tratá-la, além de melhorar ou reverter seus sintomas. Neste artigo, deixamos uma lista dos 19 melhores.

A causa mais comum de diarréia é uma infecção viral ou bacteriana que contamina o trato digestivo através da água ou de alimentos ingeridos; mas felizmente, pode ser evitado seguindo métodos preventivos simples.Algumas precauções básicas incluem evitar comer comida rápida ou preparada na rua e sempre lavar as mãos adequadamente antes de comer.

19 bons alimentos para diarréia (natural) 1

De acordo com o Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais, as causas da diarréia incluem bactérias, vírus, parasitas, antibióticos e doenças que afetam o estômago ou o intestino delgado.

A diarréia nada mais é do que uma manifestação de um mau funcionamento do sistema digestivo. Geralmente ocorre quando há excesso de líquido no intestino, o que afeta os movimentos intestinais, levando a diferentes tipos de diarréia que variam de pessoa para pessoa.

Demora cerca de 3-4 dias para a diarréia ser curada, dependendo da intensidade do impacto causado pela doença ou infecção. A duração e a gravidade também podem depender do histórico pessoal.

Durante os episódios de diarréia, é aconselhável seguir uma dieta com alimentos que favoreçam a hidratação, a recuperação do revestimento do intestino e ajudem a normalizar os movimentos intestinais.

Lista de 19 bons alimentos para diarréia

A seguir, é apresentada uma lista de alimentos que, de acordo com suas propriedades nutricionais, favorecem essas funções.

1- Água de coco / cevada / arroz

São líquidos ricos em amido e bastante espessos que ajudam a reduzir o excesso de água no intestino. Esse amido forma uma substância viscosa semelhante à gelatina, que fixa o excesso de água, evitando diarréia osmótica, ou seja, aquela produzida pela alta passagem de água da corrente sanguínea para o intestino.

Água de coco, cevada e arroz também têm um efeito calmante na mucosa gástrica. A ingestão desses líquidos deve ser a cada 5 horas ou 2-3 vezes ao dia, dependendo da gravidade da diarréia.

2- Iogurte

As bactérias benéficas que residem no intestino lutam constantemente contra germes e bactérias prejudiciais que causam doenças. A diarréia geralmente ocorre quando as bactérias que causam doenças começam a se multiplicar e prevalecem sobre as bactérias benéficas.

Para restaurar o equilíbrio bacteriano adequado no intestino e interromper a diarréia, é necessário fornecer ao trato intestinal bactérias mais amigáveis. Uma maneira completamente natural de fazer isso é através de alimentos fermentados e probióticos.

Em particular, o iogurte tem sido usado há séculos para tratar a diarréia. Um estudo em um hospital de Nova York confirmou que entre 1/3 e 1/2 xícara de iogurte interrompeu a diarréia severa na infância duas vezes mais rápido que o medicamento antidiarreico padrão chamado neomicina.

Relacionado:  Dieta do Dr. Cormillot: o que é e cardápio semanal

No entanto, o tipo de iogurte consumido pode fazer uma grande diferença. O rótulo de iogurte a ser consumido deve dizer que possui “culturas ativas”. Algumas empresas pasteurizam o produto após fazê-lo, e isso mata as bactérias benéficas que permanecem, portanto, sem exercer seu efeito.

Outros alimentos cultivados que beneficiam o trato digestivo ao fornecer bactérias benéficas incluem leitelho, queijo cottage ou soro de leite.

3- Chucrute caseiro

Outros alimentos fermentados saudáveis ​​para a saúde intestinal são o chucrute caseiro. Ele fornece uma das mais amplas variedades de bactérias benéficas conhecidas por proteger contra todos os tipos de problemas intestinais, como diarréia.

Somente se você não tiver alimentos fermentados ou probióticos, como iogurte ou chucrute, é possível usar um suplemento probiótico para restaurar a flora intestinal saudável.

O iogurte é sempre o veículo mais fácil de consumir junto com outros alimentos que podem complementar a dieta certa para casos de diarréia. Pode ser misturado com frutas como uma banana, para ter um sabor melhor.

4- Sementes de feno-grego

A principal razão pela qual essas sementes são um excelente alimento para diarréia é que elas têm um alto conteúdo de mucilagem. As mucilagens são compostos vegetais que atraem moléculas de água e impedem a passagem pela mucosa intestinal, sendo excelentes para casos de diarréia.

Outra propriedade que as mucilagens têm é que elas não irritam o intestino ou causam constipação.

As sementes de feno-grego devem ser moídas. Isso é feito para que as mucilagens tenham contato com a água e exerçam seu efeito. Também é recomendável misturar com iogurte antes de ingerir. Adicione algumas sementes de cominho também para ajudar a melhorar seu sabor geral.

Essas sementes podem ser consumidas até 3 vezes por dia para ver um resultado.

5- Chá de camomila

O chá de camomila é muito útil no controle de dores espásticas freqüentemente associadas à diarréia. A camomila tem propriedades calmantes e adstringentes e ajuda a reparar e diminuir a inflamação do revestimento do intestino.

Para melhorar o sabor do chá de camomila, você pode adicionar um pouco de suco de limão fresco.

Como alternativa, apenas água morna com suco de limão pode ser usada para aliviar espasmos, especialmente com o estômago vazio.

6- Vinagre de maçã

O vinagre de maçã pode ser usado para ajudar a curar a diarréia. O principal mecanismo de ação é sua potente ação antibacteriana e antifúngica. Ao reduzir o pH do trato digestivo, o ambiente se torna muito desfavorável ao crescimento bacteriano.

Para consumi-lo, é recomendável diluir uma colher de chá em um copo de água ou beber sozinho e tomar iogurte para evitar dores na boca. É possível fazer isso duas vezes por dia até o momento em que a diarréia melhorar.

7- Arroz branco

Algumas pessoas evitam comer arroz branco. No entanto, é um excelente cereal, especialmente a variedade Carolina ou Double. Esses grãos de arroz contêm grânulos de amido com um componente chamado amilose, que é mais fácil de digerir por enzimas no trato digestivo, o que o torna um alimento adequado para ser consumido em situações de diarréia.

Relacionado:  15 magníficos benefícios do repolho para a saúde

Por outro lado, o arroz bem cozido é um excelente alimento com poder adstringente. Quando toda a fibra é removida, o amido entra em contato com a água, forma um gel e, assim, impede o trânsito intestinal acelerado.

Quando o arroz é fervido, a água do cozimento pode ser removida e usada entre as refeições para ser bebida, a fim de aumentar o efeito.

8- Bananas ou bananas

Uma das frutas com maior teor de potássio é a banana ou banana. Devido à perda de eletrólitos, incluindo o potássio, a substituição desse mineral é um dos principais objetivos no tratamento da diarréia.

O potássio regula a quantidade de água no interior das células e, por esse motivo, deve ser reabastecido como um primeiro passo em uma dieta de diarréia.

Recomenda-se consumir bananas maduras e com uma colher de chá de mel.

9- Lassi

É uma mistura com probióticos preparados com ½ xícara de iogurte natural fresco (idealmente caseiro), ½ xícara de água e po colher de chá de gengibre fresco ralado. Deixe descansar e beber.

Esta bebida probiótica é fácil de digerir e tem efeitos semelhantes ao iogurte, mas aprimora suas propriedades com as do gengibre.

10- Chá verde

O chá verde está disponível em diferentes sabores e todos podem consumi-lo regularmente, sem medo de efeitos colaterais adversos.

Em geral, é recomendável tomar chá verde diariamente, pois pode aliviar dores de estômago e reduzir a gravidade e a duração da diarréia.

Taninos são substâncias químicas encontradas em alguns alimentos e têm capacidade adstringente, ou seja, a capacidade de se ligar à água e removê-la dos tecidos.

Eles aderem à camada de proteína das membranas mucosas inflamadas (ou seja, ao intestino irritado no caso de diarréia) e fazem com que ele engrosse, o que diminui a absorção de toxinas e dificulta a secreção, ajudando o corpo a reter líquidos .

Os taninos estão contidos em agrimônia, folhas de amora ou chá de folhas de framboesa e chá verde. Esses chás também reabastecem os líquidos perdidos, o que é importante para evitar a desidratação que pode resultar da diarréia prolongada.

11- Cenouras

As cenouras contêm pectinas, um tipo de fibra solúvel que adiciona volume às fezes e alivia o trato digestivo. O “pectato” é um medicamento antidiarréico de venda livre que contém pectina.

As pectinas não são digeridas e atingem o trato intestinal formando sais com substâncias tóxicas, por isso são muito úteis em infecções bacterianas.

Relacionado:  15 benefícios da água potável para a saúde (física e mental)

12- Maçãs

Tanto a pele quanto a polpa da maçã são ricas em pectina, a principal razão pela qual a maçã e o molho de maçã são um dos melhores alimentos para a diarréia.

A pectina da maçã também ajuda a combater a constipação, pois age como um laxante suave.

12- Mirtilos

As bagas funcionam bem contra a diarréia, pois são ricas em taninos e pectina. Além disso, graças às suas potentes propriedades antioxidantes, os mirtilos também são excelentes para prevenir o desenvolvimento do câncer de cólon.

13- Alfarroba

De acordo com um estudo de 1989 publicado no Journal of Pediatric Gastroenterology and Nutrition, 41 crianças com diarréia bacteriana ou viral receberam 1,5 g. (Por quilograma de peso corporal) de alfarroba em pó, o que resultou na interrupção da diarréia em apenas 2 dias.

A normalização dos movimentos intestinais, a temperatura corporal e o peso, bem como a cessação do vômito, ocorreram mais rapidamente com a adição de alfarroba à dieta.

14- As sementes de Psyllium

As sementes de psyllium são uma rica fonte de mucilagem e são fáceis de beber dissolvidas em água ou suco. Se você tem alergias ou asma, é aconselhável usar esta erva com cuidado.

As sementes de psyllium são adequadas tanto em casos de diarréia quanto no tratamento da constipação.

15- Alho, cebola e alho-poró

Consumir alimentos conhecidos com prebióticos (compostos não digeríveis que estimulam o crescimento de bactérias “boas” no trato digestivo) pode ser útil na prevenção da diarréia.

Fontes naturais de prebióticos incluem alho, cebola e alho-poró (que também são anti-sépticos).

A ingestão de porções adequadas desses alimentos pode estimular o sistema imunológico e impedir a colonização das bactérias que causam diarréia.

16- Granada

As sementes de romã contêm um poderoso suco adstringente e doce que ajuda a unir as células do intestino e impede a passagem de água para o lúmen intestinal.

17- Frango cozido no vapor ou cozido

A carne de frango cozida ou no vapor é uma excelente fonte de proteínas de alto valor biológico que são desnaturadas pelo calor. Isso permite que a mucosa intestinal seja restaurada. Além disso, sendo desnaturadas, essas proteínas são mais fáceis de digerir, evitando a secreção excessiva de sucos digestivos.

18- Zapallo

Como as batatas, a abóbora contém amido, mas de uma maneira mais facilmente assimilada pelo organismo. Além disso, o conteúdo de fibra insolúvel é relativamente baixo, portanto não causa irritação mecânica no intestino.

19- Conservas de frutas

Conservas de frutas com uma boa opção, pois são sempre cozidas, sem casca e sem sementes. Dessa forma, eles são uma excelente fonte para regular os movimentos intestinais sem causar constipação.

Evite frutas que possam promover evacuações, como ameixas e damascos.

E que outros alimentos benéficos para a diarréia você conhece?

Deixe um comentário