As 25 melhores universidades da América Latina e dos Estados Unidos

As melhores universidades da América Latina estão no México, Argentina, Chile, Colômbia e Brasil. Todos os anos, a Quacquarelli Symonds (QS) publica o documento World University Rankings, onde classifica as melhores universidades do mundo.

Para isso, valoriza a reputação acadêmica, a reputação de seus professores, a relação entre alunos e professores, a pesquisa realizada e o percentual de estudantes internacionais.

As 25 melhores universidades da América Latina e dos Estados Unidos 1

Levando em consideração esse ranking de renome, listaremos por países as melhores faculdades da América Latina e da América para desenvolver seus estudos de graduação ou pós-graduação.

No entanto, se você ler o artigo que acha que sua universidade deveria aparecer, não hesite em nos informar na seção de comentários, argumentando por que você merece ser mencionado e nos contando sua experiência nela.

MÉXICO

UNAM

A Universidade Nacional Autônoma do México está localizada no Distrito Federal. Foi fundada em 1551, sendo a mais antiga da América Latina. É o mais extenso e tem mais de 130.000 estudantes e 16.000 pessoas que compõem a equipe acadêmica. Ocupa a 6ª posição em universidades latino-americanas e 160 em todo o mundo.

Possui inúmeras áreas de pesquisa, como Estudos Agrários, Educação e Ciência, Processos Sociais, Demográficos ou Políticos, Sociedade e Cultura, etc.

Entre seus alunos mais destacados estão o nobre de literatura Octavio Paz ou o diplomata Alfonso García Robles.

Website: www.unam.mx

Redes Sociais: Facebook e Twitter

ITESM

O Instituto de Tecnologia e Ensino Superior de Monterrey é uma universidade particular nascida em 1943. Possui mais de 12.000 estudantes de nível superior. Atualmente, é a 9ª universidade mais valorizada da América Latina e ocupa 238 no ranking mundial. Na fase que vai de 2012 a 2015, o ITESM subiu cerca de 70 posições.

Oferece uma ampla oferta universitária de doutorado e mais de 40 pós-graduados.

Enrique Peña Nieto, atual presidente do México ou Carlos Gutíerrez, CEO da empresa Kellogs, estudou no ITESM.

Website: www.itsm.mx

Redes Sociais: Facebook e Twitter

IPN

Fundado na Cidade do México em 1936, o Instituto Politécnico Nacional oferece serviços públicos em diferentes graus e graus de conhecimento de pós-graduação. Localizado na 35ª posição das universidades latino-americanas, o IPN possui uma equipe acadêmica composta por mais de 7.000 pessoas, cobrindo cerca de 93.000 estudantes matriculados a cada ano.

Destaca-se pelo alto nível de pesquisa em diferentes campos científicos e tecnológicos, sendo reconhecida como uma das 150 melhores universidades nesse aspecto. Suas inovações têm sido, em muitos casos, relevantes para o México.

O ex-presidente do México, Ernesto Zedillo Ponce de León, ou o matemático Gilberto Calvillo Vives, são algumas das almas mestras do IPN.

Website: www.ipn.mx

Redes Sociais: Facebook e Twitter

UAM

A Universidade Metropolitana Autônoma está localizada no Distrito Federal. Desde a sua fundação em 1974, a UAM é uma das universidades mais reconhecidas no México. Treina mais de 56.000 estudantes através de seus quase 3.000 professores.

Possui alto nível de pesquisa, sendo a segunda universidade com o maior número de pesquisadores incorporados ao Sistema Nacional de Pesquisadores (SIN). Também possui revistas especializadas (ISI, Latindex).

Alfredo Castillo Cervantes, advogado e político mexicano estudou neste centro. Além disso, Pedro Ramírez Vázquez, presidente do Comitê Olímpico Mexicano (COM) atuou como reitor geral da UAM por dois anos.

Website: www.uam.mx

Redes Sociais: Facebook e Twitter

ESPANHA

Universidade de Barcelona

Fundada em 1450, é a universidade com melhor classificação no território espanhol. É composto por 4.000 professores que oferecem seus conhecimentos a mais de 47.000 estudantes.

Possui mais de 20 faculdades espalhadas por sete campi e 8 centros afiliados.

Políticos importantes como Lluís Companys, Jordi Pujol ou Julio Anguita, jornalistas como Jimenez Losantos ou Julia Otero e prosistas como Josep Pla estudaram na Universidade de Barcelona.

Website: www.ub.edu

Redes Sociais: Facebook e Twitter

UAM

A Universidade Autônoma de Madri está localizada entre as 200 melhores universidades do mundo e ocupa o nível nacional de nível prata. Possui 25.000 estudantes e 3.000 membros acadêmicos, distribuídos por dois campi, um deles com o título de ambientalmente sustentável.

É composto por sete faculdades, destacando a da Medicina, de grande prestígio internacional.

Relacionado:  Cadastro de Empregadores: Características, Importância e Exemplo

O atual monarca espanhol Felipe VI estudou na UAM, uma universidade que teve pesquisadores como Severo Ochoa, Prêmio Nobel de Fisiologia e Medicina e Federico Mayor Zaragoza, ex-diretor geral da UNESCO.

Website: www.uam.es

Redes Sociais: Facebook e Twitter

Universidade Autônoma de Barcelona

Fundada em 1968, foi uma das primeiras universidades espanholas a receber o reconhecimento do Campus of International Excellence. Mais de 3000 professores e cerca de 37.000 estudantes compõem este centro universitário catalão.

Atualmente, oferece 80 graus distribuídos em 16 faculdades e 79 cursos de pós-graduação, dos quais 27 recebem a menção de Excelência.

Jornalistas como Jordi Évole, Javier Sardá ou Carles Francino e atletas como Mireia Belmonte ou Joel González estudaram neste centro universitário.

Website: www.uab.cat

Redes Sociais: Facebook e Twitter

Universidade de Navarra

Fundada em 1952 pela ordem religiosa do Opus Dei, sob a direção de San Jose María Escrivá de Balaguer, oferece 66 cursos de graduação e 36 de pós-graduação para seus mais de 10.000 alunos.

Possui cinco grandes campi espalhados pelo mundo espalhados por San Sebastián, Barcelona, ​​Madri, Nova York e Pamplona, ​​sendo este último a sede principal.

Pedro Sánchez, atual secretário geral do PSOE, Pedro J. Ramírez, renomado jornalista ou ex-presidente do COI Juan Antonio Samaranch são alguns de seus graduados mais notáveis.

Website: www.unav.edu

Redes Sociais: Facebook e Twitter

ARGENTINA

Universidade de Buenos Aires

Fundada em 1821, esta universidade quase bicentenária é considerada uma das mais importantes do continente latino-americano. Atualmente ocupa a posição 124 no ranking mundial.

É composto por 13 faculdades, 6 hospitais, 10 museus e 3 escolas, nas quais mais de 20.000 professores ensinam cerca de 200.000 estudantes.

15 presidentes argentinos e 4 ganhadores do Nobel: Carlos Saavedra (Paz), Bernardo Houssay (medicina), Luis Federico Leloir (química) e César Milstein (medicina) pertenceram a esta universidade.

Website: www.uba.ar

Redes Sociais: Facebook e Twitter

Universidade Austral

Ela completou 25 anos e já é reconhecida como uma das melhores universidades da América Latina, ocupando o 18º lugar. Além disso, é considerada a universidade privada número 1 na Argentina.

Destaca-se por possuir um professor para cada seis alunos e liderar a classificação da empregabilidade em seus graduados.

Website: www.autral.edu.ar

Redes Sociais: Facebook e Twitter

BRASIL

Universidade de São Paulo

Principal universidade pública do Brasil e a mais destacada da América Latina. Também está nos 150 melhores centros universitários do mundo. Embora suas origens remontem a 1827, foi fundada em 1934.

Atualmente, possui cerca de 90.000 estudantes distribuídos entre seus mais de 240 programas de graduação e seus 220 programas de pós-graduação. Além disso, a cada ano recebe mais de 130.000 pedidos de admissão.

Cineastas e atores como Fernando Meirelles ou Tony Ramos, ex-presidentes do governo como Fernando Henrique Cardoso ou o famoso ex-jogador de futebol Socrates, passaram pelas salas de aula da Universidade de São Paulo.

Site: www5.usp.br

Redes Sociais: Facebook e Twitter

UFRJ

A Universidade Federal do Rio de Janeiro é um dos centros de ensino onde eles têm maior comprometimento com a pesquisa. Embora algumas de suas escolas sejam da era colonial, sua fundação oficial foi em 1920. É considerada a quinta melhor universidade da América Latina.

É composto por 80 escolas e mais de 4000 professores que cobrem 54.000 estudantes de graduação e pós-graduação.

O arquiteto Oscar Niemeyer, o escritor Jorge Amado ou o médico Carlos Chagas estudaram na UFRJ.

Site: www.ufrj.br

Redes Sociais: Facebook e Twitter

UNICAMP

A Universidade Estadual de Campinas foi fundada em 1966, sendo uma das quatro universidades públicas de São Paulo. Considerada a 2ª melhor universidade do Brasil, a cada ano possui mais de 52.000 pedidos de inscrição.

O centro acadêmico por excelência se destaca em áreas de pesquisa como tecnologia ou ciências naturais.

A presidente brasileira Dilma Rousseff, o linguista Daniel Everett, o físico André Koch, o político Aloízio Mercadante ou o ator Petrônio Gontijo estudaram na UNICAMP.

Site: www.unicamp.br

Redes Sociais: Não disponível.

CHILE

Pontifícia Universidade Católica do Chile

Mais conhecida como ‘La Católica’, foi fundada em 1888 e atualmente é considerada a 3ª melhor universidade da América Latina. Possui uma equipe de mais de 3.000 professores que cobrem os mais de 25.000 estudantes que compõem a universidade.

Relacionado:  Fatores internos e externos de uma empresa

Combina a moralidade católica com uma sólida educação em diferentes ramos da ciência, artes ou humanidades. Dentro de seu programa de estudos, encontramos 20 faculdades.

Embora a UC tenha tido personagens de destaque em áreas como arte, medicina, justiça, humanidades, jornalismo ou arquitetura, destacam-se sobretudo Eduardo Frei Montalva e Sebastián Piñera, ambos presidentes da República do Chile.

Website: www.uc.cl

Redes Sociais: Facebook e Twitter

COLÔMBIA

Universidade dos Andes

Localizada em Bogotá, foi fundada em 1948 e atualmente ocupa o sétimo lugar nas melhores universidades da América Latina. Sua equipe acadêmica é composta por 1.500 professores, que oferecem seus conhecimentos a 15.000 alunos em suas 12 unidades acadêmicas.

Destaca-se por suas pesquisas nas áreas de matemática, física, engenharia ou ciências sociais, possuindo o certificado institucional de alta qualidade oferecido pelo Conselho Nacional de Acreditação.

César Gaviria, ex-presidente do país, Fidel Cano Correa, jornalista / diretor do jornal El Espectador ou Vera Grabe, antropóloga e ativista, são alguns de seus alunos mais ilustres.

Site: www.uniandes.edu.co

Redes Sociais: Facebook e Twitter

universidade nacional da Colômbia

Fundada em Bogotá em 1867 para se tornar a universidade colombiana com o maior número de pesquisas científicas. Atualmente, está entre as 300 melhores universidades do mundo, subindo quase 100 posições desde 2012.

Possui uma equipe acadêmica de 3.000 professores e mais de 50.000 estudantes, distribuídos nos mais de 400 cursos de graduação oferecidos pela universidade.

Gabriel García Márquez, Prêmio Nobel de Literatura, bilionário Luis Carlos Sarmiento ou matemático Antanas Mockus são alguns de seus alunos mais ilustres.

Site: unal.edu.co

Redes Sociais: Facebook e Twitter

PERU

Pontifícia Universidade Católica do Peru

Fundada em 1917, é a universidade particular mais antiga do Peru. Devido à sua excelência acadêmica, é considerado o mais prestigiado do país e está entre os 500 melhores do mundo.

Possui mais de 20 faculdades espalhadas por 410.000 m2 para treinar seus mais de 25.000 estudantes.

Ollanta Humala, atual presidente do país e sua esposa Nobody Heredia, Alan García ex-presidente ou o famoso fotógrafo Mario Testino estudaram neste centro acadêmico.

Website: www.pucp.edu.pe

Redes Sociais: Facebook e Twitter

VENEZUELA

Universidade Católica Andrés Bello

Universidade mais bem avaliada da Venezuela, foi fundada em 1953 e é uma identidade particular. Mais de 15.000 estudantes e 1000 professores ocupam as salas de aula de suas diferentes faculdades e escolas.

Destaca-se pelo grande número de instituições dedicadas à pesquisa nos diferentes ramos do conhecimento.

Os políticos Iñaki Anasagasti ou Henrique Capriles e a ativista Lilian Tintori se destacam entre os estudantes que passaram pela ‘La Católica’.

Website: www.ucab.edu.ve

Redes Sociais: Facebook e Twitter

URUGUAI

Universidade de Montevidéu (UM)

Apesar de ter apenas 30 anos, a UM ocupa a primeira posição no ranking das universidades uruguaias. Quase 300 professores oferecem seus conhecimentos a mais de 2500 alunos.

A UM oferece cursos de graduação e pós-graduação em uma de suas cinco faculdades: Faculdade de Administração e Economia da Escola de Comunicações, Faculdade de Engenharia, Faculdade de Direito, Faculdade de Ciências Humanas, Escola de Negócios (IEEM) e o Centro de Ciências Biomédicas.

Alguns de seus alunos mais destacados são Julio María Snaguinetti, ex-presidente do Uruguai em duas etapas, e Washington Buño, professor e escritor.

Website: www.um.edu.uy

Redes Sociais: Facebook e Twitter

EQUADOR

Pontifícia Universidade Católica do Equador

Foi fundada em 1946 pela Companhia de Jesus e desde então recebe a elite equatoriana. Esse é o seu crescimento que está na fase de expansão do seu campus atual.

16 faculdades de várias áreas do conhecimento formam sua estrutura acadêmica para os quase 20.000 estudantes que entram nas salas de aula todos os dias.

Entre seus graduados mais notáveis, encontramos personalidades políticas notáveis, como o ex-presidente da República, Osvaldo Hurtado Larrea ou Mauricio Rodas, María Fernanda Espinosa ou Raymond Johansen.

Relacionado:  Como saber o que estudar na universidade em 7 etapas

Website: www.puce.edu.ec

Redes sociais: Facebook .

ESTADOS UNIDOS

É sabido que universidades como Harvard, Princeton, MIT ou Standford sempre ocupam as primeiras posições no ranking mundial de qualidade universitária.

No entanto, embora esses centros reúnam a elite mundial, mencionaremos em nossa lista particular das melhores universidades latino-americanas e americanas, os centros que fazem um esforço maior para promover programas para colmatar a lacuna entre os latinos e outros grupos étnicos. Americanos

Segundo o Pew Research Center, cerca de 55,2 milhões de hispânicos vivem nos Estados Unidos, representando 17% da população total do país. Os estados que hospedam a população mais latina são Califórnia, Texas, Flórida, Arizona e Novo México. Escolhemos a melhor universidade de cada estado, levando em consideração os programas de adaptação latinos que eles oferecem.

Universidade do Texas em Austin

Nasceu em 1883 e é considerada uma das melhores universidades públicas do país. Também ocupa o 77º lugar nas melhores universidades do mundo.

É uma das universidades mais movimentadas dos Estados Unidos, com mais de 50.000 estudantes e 20.000 funcionários. Do total, 32% correspondem a afro-americanos, hispânicos e asiáticos.

Laura Bush, ex-primeira dama dos Estados Unidos e seu filho Jeb, artistas Janis Joplin ou Matthew McConaughey ou ex-presidente peruano Fernando Belaúnde Terry, são alguns de seus graduados mais notáveis.

Website: www.utexas.edu

Redes Sociais: Facebook e Twitter

Universidade de Miami

Foi fundada em 1925 e é uma das universidades privadas mais exclusivas do país norte-americano. Mais de 15.000 estudantes e 3.000 professores estão distribuídos entre as 12 faculdades e escolas.

Caracteriza-se por possuir centros de pesquisa altamente desenvolvidos e seu alto índice de egressos, com um valor aproximado de 97%.

Personagens de destaque da série, como Sylvester Stallone, Enrique Iglesias ou Dwayne Johnson, passaram por esta universidade. Marco Rubio, senador pelo Estado da Flórida também se formou em “The U”.

Site: welcome.miami.edu

Redes Sociais: Facebook e Twitter

Universidade do Novo México

Está localizado em Albuquerque e foi fundado em 1889. Tem mais de 26.000 estudantes, dos quais uma alta porcentagem é latina devido às instalações culturais oferecidas pelo centro.

Ela tem um programa de pesquisa muito importante e também é responsável por periódicos acadêmicos como Scientific American , New England Journal of Medicine ou Nature .

Embora existam muitas eminências e celebridades em diferentes áreas do conhecimento, o Prêmio Nobel de Física, Dr. Murray Gell-Mann, se destaca.

Website: www.unm.edu/

Redes Sociais: Facebook e Twitter

Universidade do sul da Califórnia

Localizada em Los Angeles, a universidade foi fundada em 1880, sendo a primeira universidade particular de pesquisa na Califórnia. Oferece um espaço para mais de 37.000 estudantes, educados pelos quase 3400 professores que compõem a universidade.

No nível internacional, ocupa a 130ª posição no ranking, mas se destaca como número 1 em assuntos de comunicação e mídia. Além disso, dentro de seu programa acadêmico, encontramos mais de 130 disciplinas distribuídas nas áreas de humanidades, ciências sociais, ciências físicas e naturais.

Shinzo Abe, atual primeiro-ministro japonês, Frank Gehry, arquiteto ou diretor de cinema George Lucas ou Ron Howard passaram pela Universidade do Sul da Califórnia.

Website: www.usc.edu

Redes Sociais: Facebook e Twitter

Universidade do Arizona

Fundado em 1885, é o centro acadêmico de referência no estado do Arizona. Atualmente, ocupa o 216º lugar no ranking internacional e está entre as 15 melhores audiências nos Estados Unidos.

Colaboradora direta nos programas de exploração espacial da NASA, a Universidade do Arizona tem cerca de 37.000 estudantes e mais de 2.500 professores em suas fileiras.

Nicolaas Bloembergen e Willis Lamb, Prêmio Nobel de Física em 1981 e 1955, respectivamente, são dois de seus alunos mais notáveis.

Website: www.arizona.edu

Redes Sociais: Facebook e Twitter

Conteúdo relacionado:
Categorias Trabalho

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies