Escudo de Guayaquil: História e Significado

O escudo de Guayaquil consiste em uma circunferência celeste azul, em cujo centro está uma estrela branca de cinco pontas. Nas laterais da circunferência estão localizados dois ramos de oliveira, que são unidos por uma fita vermelha com nó na forma de um laço.

Na parte inferior do escudo, a inscrição “Para Guayaquil independente” é lida. No entanto, este nem sempre foi o escudo oficial da cidade.

Escudo de Guayaquil: História e Significado 1

Por exemplo, durante a era colonial, o escudo foi formado por um castelo que foi erguido em um campo de prata. O brasão também mostrava um leão em uma posição desenfreada segurando uma bandeira.

História

O escudo de Guayaquil foi modificado desde os tempos coloniais. No século 16, o capitão Diego de Urbina criou um brasão para representar a cidade.

O escudo mostrava um castelo de pedra. À sua esquerda (do ponto de vista do observador) havia um leão galopante segurando um mastro de bandeira.

Este símbolo representou a cidade até 1820, quando Guayaquil declarou sua independência da coroa espanhola.

Nesse ano, a Província Livre de Guayaquil e o Conselho Superior do Governo foram formados, que atuavam como órgão regulador da cidade.

Um dos decretos da referida reunião superior era que todos os documentos legais emitidos pelo conselho tinham um selo distinto.

Este selo era composto de uma estrela cercada por uma coroa de oliveiras, um laço vermelho e uma lenda que dizia “Por Guayaquil independente”.

Sua criação é atribuída a José Joaquín Olmedo, que foi presidente do Conselho Superior de Governo da Província Livre de Guayaquil em 1820. Olmedo também foi o criador da bandeira oficial da cidade.

Relacionado:  Alimentação nômade na pré-história

Em 1916, este símbolo foi transformado em escudo. No entanto, foi somente em novembro de 1920 que este brasão foi adotado como o símbolo oficial da cidade.

Significado

Circunferência azul

A cor azul do círculo representa valores associados à cidade de Guayaquil, como justiça, lealdade, caridade, honestidade e coragem.

Laço vermelho

A cor vermelha na fita representa coragem, ousadia, força do povo, a guerra que deu independência à cidade e o sangue derramado durante essa guerra.

Inscrição

A inscrição “For Independent Guayaquil” lembra a luta pela independência da cidade.

Em 9 de outubro de 1820, esta cidade foi proclamada livre, com a qual se separou completamente do jugo dos espanhóis.

Estrela

A estrela no centro do brasão de armas é um elemento retirado da bandeira de Guayaquil.

Folhas de oliveira

As folhas de oliveira representam a prosperidade da cidade, a riqueza de seus campos e a fertilidade da terra. Além disso, esses ramos simbolizam paz e vitória.

Referências

  1. Recuperado em 16 de dezembro de 2017, de crwflags.com
  2. Bandeira do Equador Recuperado em 16 de dezembro de 2017, de britannica.com
  3. Cantão de Guayaquil (Guayas, Equador). Recuperado em 16 de dezembro de 2017, de crwflags.com
  4. Brasão de Guayaquil. Recuperado em 16 de dezembro de 2017, de crwflags.com
  5. Cidades históricas das Américas: uma enciclopédia ilustrada. Recuperado em 16 de dezembro de 2017, de books.google.com

Deixe um comentário