O que é um consultor de negócios? Principais funções

O que é um consultor de negócios? Principais funções

Um consultor comercial é o profissional de uma empresa ou negócio, responsável por fornecer informações suficientes e completas a potenciais compradores ou clientes para que uma venda ocorra.

As funções mais importantes de um consultor de negócios são fornecer informações relevantes, entender mercados, produtos e serviços e acompanhar os clientes.

O consultor comercial é um vendedor, mas também é muito mais do que isso, pois não se limita apenas a realizar uma venda, mas também busca obter do cliente as informações necessárias para poder oferecer a ele o produto que melhor lhe convier de acordo com suas necessidades. .

O consultor comercial também cumpre um papel de mão dupla na empresa, pois além de oferecer informações úteis e aconselhar o cliente, ao mesmo tempo em que obtém desses dados relevantes que podem ser usados ​​pela empresa para aprimorar seus produtos ou serviços, estratégias de negociação e seu mercado principal.

Principais funções de um consultor comercial

1- Conheça o mercado

Um amplo conhecimento do mercado abrange não apenas informações precisas sobre o objeto da venda, mas também a pesquisa e o conhecimento das reais necessidades do cliente, a fim de oferecer a eles o produto ou serviço que melhor se adapte às suas necessidades. 

Conhecer o mercado também permitirá ao consultor comercial detectar clientes em potencial, saber onde eles estão e como alcançá-los.

2- Conheça o produto ou serviço que você oferece

Não há melhor maneira de dar bons conselhos de negócios do que experimentar o produto ou serviço oferecido e se colocar no lugar do cliente por um momento.

Dessa forma, o vendedor poderá responder a qualquer pergunta que o comprador possa fazer e até antecipá-la, fornecendo a ele as informações exatas que ele está procurando.

Relacionado:  Sistema de inventário permanente: operação, vantagens

3- Seja um consultor ativo

A grande diferença entre um vendedor e um consultor comercial, talvez, seja a posição ativa contra a venda deste último em comparação ao primeiro.

Não se trata de simplesmente responder às perguntas que o cliente possa fazer, mas de tentar se aprofundar em suas necessidades, ouvir atentamente e oferecer a melhor alternativa, embora isso possa ser totalmente diferente daquele que o comprador estava procurando inicialmente.

4- Fornecer informações relevantes

Em sintonia com todos os itens acima mencionados, o consultor comercial deve ter todas as informações sobre o produto em mãos.

Isso é conseguido lendo as instruções e descrições da mercadoria, mas também testando-a, investigando seus atributos e deficiências, aplicações e precauções.

Um vendedor procura o item solicitado pelo comprador. Um consultor comercial pergunta sobre a necessidade que o cliente deseja suprir com a aquisição desse item e aconselha melhores opções ou ratifica a utilidade do item selecionado.

5- Manter comunicação eficiente

O consultor comercial deve ter as ferramentas apropriadas para estabelecer uma boa comunicação com seu cliente.

Isso implica uma boa comunicação oral e escrita, mas também saber ouvir, aplicar a psicologia para obter do cliente as informações necessárias para oferecer a ele a melhor opção e fazê-lo mudar de idéia, se necessário.

A comunicação eficiente também inclui ser perspicaz e compreensiva e ter um senso de oportunidade, tanto com o cliente quanto com colegas de trabalho e gerentes da empresa.

6- Tenha uma atitude proativa

Sempre pensando na satisfação do cliente e resolvendo seus problemas, o consultor de negócios deve antecipar suas necessidades.

Isso só é possível conhecendo bem o cliente, sabendo o que ele está procurando e por quê, mantendo um registro de seu portfólio: o que eles compraram, qual é seu estilo de vida, seus gostos e hobbies, como é formado o núcleo familiar etc.

Relacionado:  Análise dos recursos atuais em administração ou empreendedorismo

Dessa forma, o consultor comercial estará em posição de antecipar e oferecer aos seus clientes benefícios e opções antes mesmo de descobrir que precisa deles, como novos lançamentos ou versões atualizadas de mercadorias que ele já possui.

7- Seja muito bem informado

O trabalho do consultor comercial será muito beneficiado na medida em que ele tiver as informações mais completas à sua disposição, não apenas dos produtos ou serviços que comercializa, mas também de seus concorrentes e das características de seu mercado.

Isso implica ser curioso, investigar e estar atualizado sobre notícias, lançamentos, produtos descontinuados, mudanças nas políticas comerciais ou de manufatura, leis e tudo o que possa afetar ou afetar a venda.

8- Acompanhamento de clientes   

Essa é uma das partes mais importantes do serviço ao cliente e envolve não apenas acompanhar os compradores, mas também aqueles que não encontraram sua necessidade na loja.

O cliente regular deve ser fiel, mas o não cliente deve tentar capturá-lo o tempo todo.

Para alcançar ambos, é necessário e útil criar e manter um banco de dados que permita ao consultor comercial manter contato com seus clientes (reais e potenciais) depois que eles saírem do estabelecimento comercial.

Isso é feito por meio de contatos telefônicos ou por e-mail para informá-los de notícias que possam ser do seu interesse.

9- Conjugar interesses

Três atores estão envolvidos na ação de vendas: o comprador, o vendedor e o produto ou serviço comercializado, que neste caso passa a representar a empresa.

Em qualquer relacionamento comercial, o objetivo é que todos os atores obtenham lucro, ou seja, o cliente obtenha a satisfação de uma necessidade, a empresa obtenha dinheiro em troca e o vendedor ganhe uma comissão por essa venda.

Relacionado:  Projeto de produção industrial: características, fases

Para que esse relacionamento seja equilibrado e duradouro, é necessário que o consultor comercial, que nada mais é do que a ponte que liga a empresa ao cliente, possa manter todos satisfeitos e satisfeitos.

Isso é conseguido através de uma boa comunicação entre as três partes e por ser honesto e claro com as informações fornecidas nos dois extremos do relacionamento comercial.

Referências

  1. Assessor comercial. Recuperado de matiascarluccio.com.ar
  2. O consultor comercial. Recuperado de marketing-xxi.com
  3. O que é um consultor de negócios? Recuperado de pymerang.com
  4. Assessor comercial. Manual de funções. Recuperado do imagenworld.com
  5. Manual de funções do consultor comercial. Recuperado do clubensayos.com

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies