Orçamento financeiro: características, para que serve, tipos

O orçamento financeiro é a previsão das receitas e despesas dos negócios no curto e no longo prazo. As projeções de fluxo de caixa corretas ajudarão a empresa a atingir seus objetivos da maneira correta.

A preparação deste orçamento inclui um orçamento detalhado do saldo, o orçamento do fluxo de caixa, as fontes de receita e despesas do negócio, etc.

Orçamento financeiro: características, para que serve, tipos 1

Fonte: pixabay.com

A avaliação de receitas e despesas é realizada mensalmente, trimestralmente, semestralmente ou anualmente, dependendo do que for mais adequado para a organização.

O orçamento financeiro é uma ferramenta muito poderosa para alcançar os objetivos de longo prazo do negócio. Mantém os acionistas e outros membros da organização informados sobre o funcionamento da empresa.

Em geral, esse orçamento está planejado para um ano. As empresas podem prever orçamentos para o futuro se procurarem obter empréstimos bancários ou algum outro tipo de financiamento. No entanto, por razões práticas, os orçamentos financeiros podem ser razoavelmente precisos por um ano.

Plano estratégico

O orçamento financeiro faz parte do orçamento principal de uma empresa. O orçamento principal faz parte do plano estratégico de negócios da empresa para o futuro.

Os orçamentos financeiros refletem os objetivos da empresa que estão vinculados ao plano estratégico da empresa. Eles também refletem o plano de negócios da empresa, particularmente seu plano de ação de negócios.

O plano estratégico da empresa projeta suas ações para os próximos cinco anos. O orçamento financeiro geralmente não é planejado para esse período de tempo.

Caracteristicas

Um orçamento financeiro inclui informações sobre como uma empresa adquirirá dinheiro no futuro e como o gastará no mesmo período de tempo.

Uma das seções de um orçamento financeiro é o orçamento de caixa, que descreve as despesas de caixa futuras e aloca o caixa recebido para cobri-lo.

Um orçamento de despesas de capital é outra seção de um orçamento financeiro, que lida com as principais despesas futuras, como o novo prédio a ser expandido.

Você verá muitos orçamentos financeiros que apenas orçam a demonstração de resultados. Embora as despesas com juros venham do orçamento financeiro, não é apenas o orçamento feito para a demonstração de resultados.

O balanço também é orçado. Se um orçamento for feito para ambos, você poderá ver o fluxo de caixa necessário para toda a operação.

Se um orçamento for feito apenas para a demonstração do resultado, as despesas de capital que talvez precisem ser feitas, como a compra de uma nova planta e / ou equipamento, não serão levadas em consideração.

Relacionado:  Círculo de Deming: estágios, vantagens, desvantagens e exemplo

Quando novos ativos são comprados, o serviço da dívida desses ativos também deve ser orçamentado.

Semelhanças e diferenças com o orçamento operacional

Orçamentos operacionais e financeiros dependem das mesmas expectativas quando se trata de receita.

Em cada caso, o desempenho passado e as tendências do mercado são usados ​​para determinar vendas futuras, receitas de investimentos e receitas de vendas de ativos, de acordo com um plano orçamentado.

No entanto, os orçamentos organizacionais equilibram essa receita com despesas futuras, enquanto um orçamento financeiro procura maneiras de gastar parte ou toda a receita.

Um orçamento financeiro também inclui um balanço patrimonial, que registra os ativos e passivos da organização a qualquer momento, independentemente de suas receitas ou despesas projetadas.

Para que serve?

Um orçamento ajuda uma organização a alocar seus recursos para diferentes departamentos e atividades, para gerenciar efetivamente os fluxos de caixa da empresa. Existem muitos tipos de orçamento, um deles o orçamento financeiro.

Esse orçamento oferece à empresa um melhor controle e um mecanismo de planejamento eficiente para gerenciar as entradas e saídas de dinheiro.

Fornece um plano para a empresa avançar. Ele aborda não apenas os aspectos financeiros dos negócios, mas também controla a eficiência operacional.

Com o orçamento financeiro, a organização está bem preparada para cobrir despesas de curto e longo prazo. Um bom orçamento ajuda a atingir as metas e objetivos da empresa no menor tempo possível.

Finalidade

Ele pode impulsionar o crescimento da empresa, ajudar a analisar o desempenho para fazer as alterações necessárias com base em uma comparação real versus orçamento, ajudando a equipe a entender seus resultados financeiros e planejar melhorias. O orçamento financeiro serve para:

– Verifique se você está planejando o crescimento financeiro.

– Tomar decisões de negócios, como contratar novos funcionários, comprar ativos ou equipamentos.

– Integrar o fluxo de caixa para saber se as despesas podem ser cobertas e novos projetos financiados.

– Monitorar o desempenho da equipe de trabalho e motivá-los a alcançar os objetivos.

– Verifique o fluxo de caixa antes que se torne um problema.

– Avalie picos e vales sazonais para poder planejá-los.

O orçamento financeiro ajuda a empresa a planejar e controlar suas entradas e saídas de caixa e sua posição financeira geral.

Também ajuda a empresa a trabalhar em direção a objetivos de longo prazo. Eles são úteis para investidores financeiros, que precisam medir a saúde dos negócios e entender sua posição financeira em relação aos concorrentes.

Tipos

Orçamento em dinheiro

As empresas podem mostrar lucratividade, mas falham devido à má sincronização de seus fluxos de caixa.

Relacionado:  Organização administrativa: princípios e tipos

Geralmente, empresas muito pequenas são obrigadas a pagar seus fornecedores em dinheiro, mas vendem a seus clientes a crédito. Como resultado, eles geralmente encontram um problema de fluxo de caixa.

Desenvolver um orçamento de caixa é a melhor maneira de acompanhar os fluxos de caixa e saber que você pode permanecer no caminho certo.

O orçamento de caixa informa sobre as entradas e saídas de dinheiro da empresa. O fluxo de caixa da empresa continua mudando continuamente e, portanto, o orçamento de caixa também deve mudar.

Deve-se levar em conta que o orçamento não é um processo estático, mas um processo dinâmico. Quando as informações sobre os processos financeiros da empresa mudam, elas devem ser refletidas imediatamente no orçamento de caixa.

Balanço Orçamentário

O saldo orçado é composto por muitos outros orçamentos. O principal componente deste orçamento inclui o orçamento de produção e seus orçamentos associados.

Orçamento de Despesas de Capital

Os empresários precisam decidir, de tempos em tempos, se substituem a planta e o maquinário ou se compram uma nova planta e equipamento para crescer. Estes são conhecidos como dispêndios de capital.

A compra de ativos fixos requer consideração especial porque são grandes compras, custam muito dinheiro e duram vários anos. Questões como o valor do dinheiro ao longo do tempo e a depreciação devem ser levadas em consideração ao considerar a compra ou não de ativos fixos.

O orçamento de gastos de capital refere-se a gastos relacionados a instalações e máquinas, ou quaisquer ativos fixos do negócio.

Na preparação do orçamento para dispêndios de capital, fatores como depreciação, custo da planta, vida útil do maquinário etc. são levados em consideração.

Como se faz?

Um orçamento financeiro funciona como um roteiro para aumentar os lucros. Na sua forma mais simples, projeta vendas, custos, lucros e fluxo de caixa futuros.

Para preparar um orçamento financeiro, é importante preparar o orçamento operacional primeiro. O orçamento operacional descreve as atividades geradoras de renda da empresa.

É com a ajuda do orçamento operacional que a organização pode prever despesas de vendas e produção. Por exemplo, o orçamento de vendas e o orçamento de produção devem ser conhecidos antes que o orçamento financeiro possa ser preparado.

Portanto, o orçamento financeiro é preparado somente após conhecer as diferentes atividades de financiamento no orçamento operacional. O plano de orçamento financeiro consiste nas seguintes etapas:

– Calcule a entrada de caixa esperada.

– Calcular a saída de caixa esperada.

Relacionado:  Ato Administrativo: Quem Participa, Conteúdo e Exemplos

– Defina os objetivos.

– Divida as despesas em diferentes categorias.

– Acompanhe os componentes no orçamento.

– Configure o razão.

Esses pontos dão uma idéia de como estabelecer o plano de orçamento financeiro. As organizações podem considerar diferentes fatores ao preparar o orçamento. No entanto, os pontos acima farão parte de qualquer plano orçamentário.

Fundamentos

Os princípios de um orçamento financeiro são bastante simples. Receitas, despesas projetadas (custos fixos, variáveis ​​e únicos) e ganhos estão incluídos.

Se ele foi operado em anos anteriores, os dados reais de fechamento das demonstrações financeiras são um bom local para iniciar o orçamento para o ano atual.

Se for um novo negócio, as projeções do primeiro ano deverão ser feitas com as melhores estimativas. Quer o negócio seja novo ou existente, as projeções devem ser realistas.

Essas projeções serão comparadas com receitas, despesas e ganhos reais. Se as projeções parecerem completamente desalinhadas com as receitas e despesas reais, o desempenho financeiro da empresa não será o mesmo, ou as projeções do orçamento financeiro não serão realistas.

Exemplos

Os elementos básicos que devem ser incluídos em todo orçamento financeiro são os seguintes:

– Receita (isso pode ser dividido em receita de vendas, receita comercial, receita de produto).

– Custo da mercadoria vendida: lembre-se de que o lucro bruto é calculado subtraindo o custo da mercadoria vendida da receita.

– Despesas operacionais, como:

– Aluguel.

– Vendas e marketing.

– geral e administrativo.

– Transporte

– Impostos e licenças.

Note-se que o lucro operacional é calculado subtraindo as despesas operacionais do lucro bruto.

Se houver operações de anos anteriores, os dados de desempenho reais do último ano deverão ser obtidos para ajustá-los ao crescimento planejado e, portanto, poder convertê-los no orçamento do ano atual.

Abaixo está uma amostra de um orçamento financeiro bastante simples, feito para a empresa ABC:

Orçamento financeiro: características, para que serve, tipos 2

Referências

  1. Gestão de Efinanças (2018). Orçamento financeiro Retirado de: efinancemanagement.com.
  2. The Balance Small Business (2018). Exemplo de um orçamento financeiro para uma pequena empresa. Retirado de: thebalancesmb.com.
  3. Dennis Hartman (2017). Orçamento operacional vs. Orçamento financeiro Bizfluent Retirado de: bizfluent.com.
  4. Tom S (2016). Como fazer um orçamento comercial. Contabilidade de nuvem de alargamento. Retirado de: flareapps.com.
  5. Meu treinador de dinheiro (2018). O que é orçamento? O que é um orçamento? Retirado de: mymoneycoach.ca.
  6. IFC (2018). O que é orçamento? Retirado de: corporatefinanceinstitute.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies