Orçamento mestre: características, para que serve, tipos

O orçamento mestre é um documento usado na empresa para o planejamento do orçamento. Ele inclui todos os outros orçamentos de nível inferior feitos pelas várias áreas funcionais da empresa. Ele concorda com o período fiscal da empresa e pode ser dividido em trimestres ou meses.

É uma estratégia comercial que documenta as vendas futuras esperadas, níveis de produção, compras, despesas futuras incorridas, investimentos de capital e até empréstimos que serão adquiridos e reembolsados.

Orçamento mestre: características, para que serve, tipos 1

Fonte: pixabay.com

O orçamento mestre também inclui as demonstrações financeiras orçadas, uma previsão de fluxo de caixa e um plano de financiamento. Em outras palavras, o orçamento mestre inclui todos os outros orçamentos financeiros.

Se os planos da empresa para o orçamento mestre devem ser um documento contínuo, a ser atualizado todos os anos, geralmente é adicionado um mês no final do orçamento para facilitar o planejamento. Isso é chamado de orçamento contínuo.

Elaboração do Orçamento

O comitê de orçamento geralmente desenvolve o orçamento mestre para cada ano, governado por um diretor de orçamento, que geralmente é o controlador da empresa.

Antes de iniciar o processo de planejamento do orçamento mestre, a empresa deve desenvolver um plano estratégico e uma série de objetivos com base nesse plano estratégico, cobrindo os próximos cinco anos. O plano estratégico será a base dos vários orçamentos que a empresa preparará.

Após a finalização do orçamento mestre, a equipe de contabilidade pode inseri-lo no software de contabilidade da empresa, para que o software possa emitir os relatórios financeiros que comparam os resultados orçados com os reais.

As organizações menores geralmente criam seus orçamentos principais usando planilhas eletrônicas. No entanto, as planilhas podem conter erros de fórmula e também têm dificuldade em criar um saldo orçado.

Organizações maiores usam software de orçamento específico, que não apresenta nenhum desses problemas.

Caracteristicas

Um orçamento é um plano para transações financeiras futuras. O orçamento mestre é um conjunto de orçamentos interconectados, vendas, custos de produção, compras, receitas etc.

Um texto explicativo explicando a direção estratégica da empresa pode ser incluído no orçamento mestre, como o orçamento mestre ajudará a atingir os objetivos específicos e as medidas de gerenciamento necessárias para atingir o orçamento.

Também pode haver uma discussão sobre as mudanças de pessoal necessárias para atingir o orçamento.

Todas as divisões funcionais da organização preparam o orçamento para sua divisão específica. O orçamento principal é a soma total de todos os orçamentos de divisão que preparam todas as divisões.

Além disso, também inclui planejamento financeiro, previsão de fluxo de caixa e as contas e lucros e perdas orçados da organização.

Principais questões orçamentárias

Quando uma empresa implementa um orçamento mestre, há uma forte tendência para a gerência sênior forçar a organização a aderir a ele, incluindo objetivos orçamentários nos planos de remuneração dos funcionários. Fazer isso produz os seguintes efeitos:

– Ao elaborar o orçamento, os funcionários tendem a estimar baixos rendimentos e altos gastos, para que o orçamento possa ser facilmente atingido e, assim, alcançar seus planos de remuneração.

– Se a organização precisar cumprir o orçamento, um grupo de analistas financeiros será solicitado a acompanhar e relatar as variações do orçamento. Isso gera despesas desnecessárias para a empresa.

– Os gerentes tendem a ignorar novas oportunidades de negócios, porque todos os recursos já estão alocados para atingir o orçamento e seus incentivos pessoais estão vinculados ao orçamento.

– O orçamento principal não é fácil de modificar. Para fazer pequenas alterações, muitas etapas são necessárias em todo o orçamento. Um orçamento mestre não pode ser facilmente entendido por ninguém.

– A execução de um orçamento mestre pode prejudicar o desempenho operacional de uma empresa. Pode ser melhor usar o orçamento mestre apenas como um guia para as expectativas de gerenciamento de negócios a curto prazo.

Para que serve?

O orçamento mestre é basicamente o plano de gerenciamento estratégico para o futuro da empresa. Todos os aspectos das operações da empresa são plotados e documentados para previsões futuras.

O orçamento mestre é usado pela administração da empresa para tomar decisões estratégicas de “larga escala” de acordo com a estratégia de longo prazo e o planejado para o ano atual.

O orçamento mestre também permite avaliar o desempenho das empresas durante o período de planejamento.

Ferramenta de planejamento e controle

Um orçamento mestre é a ferramenta de planejamento central usada por uma equipe de gerenciamento para direcionar as atividades de uma empresa, bem como avaliar o desempenho de seus vários centros de responsabilidade.

Ele serve como uma ferramenta de planejamento e controle para gerenciamento, uma vez que as atividades de negócios podem ser planejadas durante o período, com base no orçamento mestre.

No final de cada período, os resultados reais podem ser comparados com o orçamento mestre e, assim, tomar as medidas de controle necessárias.

É comum a equipe de gerenciamento revisar o orçamento principal e incorporar modificações até atingir um orçamento que aloque os fundos para alcançar os resultados desejados.

Indicadores do orçamento mestre

Um conjunto de indicadores-chave de desempenho, calculado com base nas informações do orçamento, pode ser incluído no orçamento mestre.

Por exemplo, você pode mostrar a movimentação de contas a receber, a movimentação de estoque ou o lucro por ação. Esses indicadores são úteis para verificar a validade do orçamento mestre em relação aos resultados reais no passado.

Por exemplo, se o indicador de rotatividade de contas a receber for muito menor do que os resultados históricos, isso pode significar que a empresa está superestimando sua capacidade de coletar rapidamente as contas a receber.

Tipos

O orçamento mestre é um instrumento essencial para o planejamento do orçamento. Geralmente é composto de duas partes: o orçamento operacional e o orçamento financeiro.

O orçamento operacional é preparado primeiro, uma vez que as informações neste orçamento são necessárias para fazer o orçamento financeiro.

Orçamento operacional

Ele mostra as atividades geradoras de lucro da empresa, incluindo receitas e despesas.

O orçamento operacional é realmente composto por oito orçamentos de suporte. Eles são inter-relacionados e se reúnem para realizar uma demonstração de lucros e perdas orçada.

Orçamento de vendas

O primeiro plano a ser desenvolvido é o orçamento de vendas, baseado na previsão de vendas. O orçamento de vendas é a base do orçamento mestre.

Todas as compras, requisitos de pessoal e despesas administrativas são baseadas em vendas.

Primeiro, o número de unidades a serem vendidas e seu preço unitário são determinados. Nessa base, o valor das vendas é calculado. O orçamento de vendas é preparado levando em consideração os seguintes fatores:

– Estimativa de demanda do mercado.

– Capacidade de produção.

– Serviço de fornecimento atual.

– análise da indústria.

Orçamento de produção

O segundo plano é o orçamento de produção. Após determinar a quantidade de vendas que a empresa espera realizar no próximo ano, calcula quanto deve produzir em unidades para atender ao orçamento de vendas e aos requisitos do estoque final.

Embora o orçamento de produção se baseie principalmente no orçamento de vendas, os seguintes fatores devem ser considerados:

– Inventário no início do ano.

– Inventário para manter no final do ano.

– Número de unidades fabricadas.

– Reserva de estoque ao longo do ano.

Orçamento para compras de materiais e mão de obra direta

Os planos a seguir são o orçamento de compra de material, que se refere às matérias-primas utilizadas pela empresa em seu processo de produção, e o orçamento direto de mão-de-obra.

Orçamento indireto de fabricação

O orçamento indireto de fabricação inclui custos indiretos fixos e variáveis.

Orçamento de estoque de produtos acabados

É necessário concluir o custo do orçamento de mercadoria vendido e o balanço. Esse orçamento atribui um valor a cada unidade de produto fabricada com base em matérias-primas, mão de obra direta e custos indiretos de produção.

Orçamento de despesas administrativas e de vendas

Ele lida com despesas não relacionadas à fabricação, como frete ou suprimentos diferentes. Pode ainda ser dividido em orçamentos para departamentos individuais, como departamentos de contabilidade, engenharia, manutenção e marketing.

Demonstração de lucros e perdas orçada

É o resultado obtido dos orçamentos anteriores. Deve-se levar em consideração que o lucro operacional não é o mesmo que o lucro líquido. Para obter o lucro líquido, o orçamento financeiro deve ser subtraído.

Orçamento financeiro

Existem três orçamentos na parte do orçamento financeiro do orçamento mestre. Estes são o orçamento de caixa, o orçamento de despesas de capital e o resultado do orçamento financeiro, que é o balanço orçamentado.

Orçamento em dinheiro

Para todos os orçamentos de divisão, a organização exige dinheiro. Você deve garantir que não fique sem dinheiro durante o ano devido a um mau planejamento na preparação do orçamento.

O orçamento de caixa indica as entradas e saídas de caixa, o endividamento e o investimento mensal esperado.

Com base no orçamento de vendas e produção, as receitas e pagamentos esperados são determinados. Nesse estágio, a organização decidirá se o empréstimo externo é necessário ou não.

Orçamento para despesas de ativos de capital

Ele contém os valores do orçamento para a aquisição de ativos fixos caros para a empresa.

As instalações, máquinas e equipamentos requerem manutenção e substituições periódicas. Se a meta de vendas for maior do que no período anterior, novas máquinas devem ser adquiridas. Portanto, um planejamento cuidadoso do ativo de capital deve ser feito.

Demonstrações financeiras orçadas

As demonstrações financeiras orçadas combinam as demonstrações financeiras do período anterior com os resultados do processo orçamentário, a fim de concluir as demonstrações financeiras projetadas no final do ano.

Esse processo é importante para empresas que possuem contratos de empréstimo ou são obrigadas a manter certos índices financeiros como parte de suas obrigações.

Ao concluir as demonstrações financeiras orçamentadas, a empresa pode antecipar a violação desses requisitos e renegociar os termos do contrato ou tomar outras medidas para manter a conformidade.

Importância

As empresas usam o orçamento mestre para facilitar o planejamento e o controle dentro de uma empresa comercial, a fim de gerenciar os aspectos financeiros dos negócios e planejar a expansão de novos produtos no futuro.

Planejamento de gerenciamento

O orçamento mestre é considerado uma das ferramentas de planejamento mais importantes para uma organização. Ao planejar, a gerência sênior analisa a lucratividade geral e a posição dos ativos e passivos da empresa.

Medição de desempenho

O orçamento mestre mede o desempenho da organização como um todo. Auxílio no controle e estabelecimento de responsabilidades departamentais, melhorando a eficiência.

Coordenação interdivisional

O orçamento mestre é usado para coordenação interdivisional entre as divisões da organização. Ajuda e garante que a coordenação com as outras divisões seja bem-sucedida.

Motivação do pessoal

O orçamento mestre serve como uma ferramenta motivacional com base na qual os funcionários podem comparar o desempenho real com o desempenho orçado. Ajuda a equipe a obter satisfação no trabalho, contribuindo para o crescimento dos negócios.

Resumo do orçamento da divisão

O orçamento mestre funciona como um orçamento resumido na visão geral dos proprietários e da administração da empresa. Indique como um todo quanto a organização está ganhando e quais despesas estão sendo incorridas.

Planejamento antecipado

O orçamento mestre identifica problemas incomuns com antecedência e os corrige. Por exemplo, se uma das divisões da empresa não estiver funcionando bem e as despesas incorridas estiverem excedendo o limite de orçamento estabelecido.

Ajudar a alcançar os objetivos

Um orçamento mestre ajuda a alcançar os objetivos de longo prazo da organização. Todos os recursos da organização são canalizados e controlados para a otimização dos benefícios.

Aperfeiçoamento contínuo

O orçamento mestre é um processo contínuo. A cada ano, a organização prepara o orçamento mestre e funciona como uma ferramenta de análise. As variações são identificadas e o trabalho é realizado para obter melhores resultados continuamente.

Exemplos

Orçamento mestre: características, para que serve, tipos 2

Um bom exemplo de planejamento de longo prazo é uma fusão ou aquisição de outra empresa. A gerência deve ver o que a empresa pode ganhar comprando outra entidade e quais recursos seriam redundantes.

Por exemplo, cada empresa tem um grupo de funcionários encarregados de tarefas administrativas dentro da empresa. Se uma empresa fosse comprada, não haveria necessidade de manter dois conjuntos de funcionários administrativos. A gerência da empresa compradora deve tomar uma decisão sobre quem deve sair.

A gerência também pode usar o orçamento mestre para planejar uma expansão.

Por exemplo, uma oficina deve considerar fluxos de caixa atuais, taxas de empréstimos atuais, limites de dívida atuais e vendas futuras esperadas antes que a administração planeje uma grande expansão. O orçamento principal inclui orçamentos detalhados com todas essas informações.

Referências

  1. Steven Bragg (2017). Orçamento mestre Ferramentas de contabilidade Retirado de: accountingtools.com.
  2. Meu curso de contabilidade (2018). O que é um orçamento mestre? Retirado de: myaccountingcourse.com.
  3. Rosemary Peavler (2018). O que é um orçamento mestre? The Balance Small Business. Retirado de: thebalancesmb.com.
  4. Jan Irfanullah (2013). Orçamento mestre Contabilidade explicada. Retirado de: accountingexplained.com.
  5. Gestão de Efinanças (2018). O que é orçamento mestre? Retirado de: efinancemanagement.com.
  6. John Freedman (2018). Como concluir um orçamento mestre em contabilidade gerencial. Empresa de pequeno porte – Chron. Retirado de: smallbusiness.chron.com.
  7. Cathy Habas (2018). O que é um orçamento mestre? Retirado de: bizfluent.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies