Orientação profissional: características, para que serve e processo

Orientação profissional: características, para que serve e processo

orientação vocacional  é um conjunto de processos e ferramentas usadas para ajudar uma pessoa a descobrir o que fazer com sua vida e qual caminho seguir, dependendo de seus valores, preferências, gostos e inclinações. Geralmente usado no local de trabalho, mas também pode ser usado em áreas completamente diferentes.

Encontrar um caminho a seguir pode ser realmente difícil para algumas pessoas, pois vários fatores entram em cena. Assim, o processo de orientação profissional envolve o uso de muitas ferramentas e técnicas, com objetivos tão diferentes quanto promover o autoconhecimento ou descobrir profissões que melhor se ajustem à sua própria personalidade.

A orientação vocacional geralmente é direcionada a jovens adultos, que são as pessoas que tendem a ter mais dificuldades em escolher um caminho. No entanto, indivíduos de todas as idades e condições podem se beneficiar da participação em um processo dessa natureza sempre que precisarem de maior clareza sobre o que estão fazendo.

Se esse processo for realizado corretamente, a orientação vocacional ajudará a pessoa a identificar um caminho com etapas concretas a serem seguidas que permitirão que eles entrem na força de trabalho, realizando uma atividade que se adapte à sua personalidade e preferências, e que também tenha algumas chances razoáveis ​​de sucesso.

Características da orientação profissional

– Inclui processos muito diferentes

Descobrir o que queremos fazer com a nossa vida pode ser muito difícil. Há muitos fatores que devem ser levados em consideração, tanto internos (como nossas habilidades, nossa personalidade, nossa idade ou nosso conhecimento) quanto externos (as profissões mais exigidas ou as ofertas de emprego existentes).

Por isso, um bom processo de orientação profissional deve incluir ferramentas e processos de naturezas muito diferentes que nos ajudem a esclarecer todos esses campos. Em seguida, o conselheiro ajudará a pessoa a entender tudo o que descobriram e responderá a ela que caminhos seguir.

– O conselheiro tem um papel de acompanhamento

Quando uma pessoa passa por um processo de aconselhamento vocacional, deve estar ciente de que não há respostas certas ou erradas, nem um único caminho possível. Por esse motivo, o conselheiro só pode desempenhar um papel de acompanhante, mas a decisão final deve ser tomada pelo próprio cliente.

Assim, durante a orientação vocacional, o profissional realizará todos os tipos de testes e ensaios para ajudar o cliente a se conhecer melhor. Por outro lado, também mostrará diferentes possibilidades, fornecerá todas as informações solicitadas e ensinará todas as maneiras que podem se adequar ao ambiente e aos seus interesses.

No entanto, uma vez concluído todo o processo de orientação profissional, o cliente terá que tomar uma decisão e escolher o caminho que gostaria de seguir.

– Pode ser aplicado em muitos contextos

A maioria das pessoas que procuram participar de um processo de aconselhamento de carreira tem um perfil muito semelhante. Geralmente, esses são jovens adultos que acabaram de terminar seus estudos, mas não estão satisfeitos com o que estão fazendo e estão procurando um caminho que os satisfaça.

No entanto, a orientação profissional pode ser muito útil em todos os tipos de momentos vitais. Assim, é comum pessoas de todas as idades e condições procurarem se beneficiar desse processo.

Por exemplo, os alunos do ensino médio podem achar útil a orientação vocacional para decidir o que estudar, ou mesmo se devem ou não fazer faculdade. O mesmo aconteceria com uma pessoa adulta que trabalha há vários anos, mas que não está satisfeita com o que está fazendo.

Para que serve a orientação profissional?

O mundo de hoje está mais cheio de possibilidades do que nunca, e os modelos de vida tradicionais não funcionam mais tão claramente quanto antes. As gerações anteriores normalmente trabalhavam nos negócios da família ou seguiram uma carreira, e mais tarde encontraram um emprego “ao longo da vida”.

Hoje, a realidade é muito diferente. É muito comum as pessoas mudarem seu ambiente profissional várias vezes ao longo da vida, e as opções são muito mais extensas. Atualmente, um indivíduo precisa enfrentar muitas decisões em relação à sua vida profissional.

Infelizmente, o sistema educacional tradicional não prepara os alunos para enfrentar essas importantes decisões. De acordo com as pesquisas mais recentes a esse respeito, a maioria dos jovens se sente perdida e não sabe o que fazer com suas vidas, um fenômeno que se torna ainda mais agudo após o término dos estudos oficiais.

A orientação profissional procura preencher essa lacuna e ajudar jovens e adultos a obter maior clareza no caminho e a encontrar uma meta profissional que permita alcançar e alcançar uma boa posição no local de trabalho. Portanto, pode ser muito útil para todas as pessoas que se sentem perdidas ou que precisam de algum tipo de mudança.

Processo de orientação vocacional

Como já vimos, a orientação profissional envolve o uso de uma infinidade de estratégias, ferramentas e processos. No entanto, todos eles podem ser divididos em duas categorias muito diferentes: aquelas que ajudam as pessoas a se conhecerem melhor e aquelas que permitem que elas entendam seu ambiente.

Análise profissional

O processo de orientação começa com o profissional ajudando o cliente a entender melhor alguns aspectos essenciais de sua própria personalidade, como preferências, habilidades, pontos fortes e fracos e interesses. Dessa forma, a pessoa se torna mais consciente dos campos profissionais em que poderia ter sucesso e quais os motivam mais.

Análise do mercado de trabalho

Uma vez analisados ​​todos esses fatores internos, o profissional e o cliente analisam juntos o mercado de trabalho atual e tentam encontrar uma carreira que não seja apenas interessante para a pessoa e na qual ela possa ser bem-sucedida, mas que esteja em demanda e tenha possibilidades de crescimento.

Plano de ação

Finalmente, em muitos casos, o orientador profissional também ajudará a pessoa a criar um plano de ação personalizado e a dar os primeiros passos para ter sucesso na carreira que escolheram juntos.

Referências

  1. “Orientação profissional” em: SIE. Retirado em: 25 de abril de 2020 de SIE: sie.es.
  2. “O que é orientação profissional e para que serve?” em: Educoway. Retirado em: 25 de abril de 2020 de Educoway: educoway.com.
  3. “Orientação profissional: o que é e para que serve” em: Psicologia e Mente. Retirado em: 25 de abril de 2020 de Psychology and Mind: psicologiaymente.com.
  4. “Orientação profissional” em: Definição de. Obtido em: 25 de abril de 2020 em Definição de: definition.of.
  5. “Orientação profissional” em: Wikipedia. Retirado em: 25 de abril de 2020 da Wikipedia: en.wikipedia.org.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies