Os 5 testes de pista mais importantes

Os principais testes de pista são as corridas de pés, a marcha atlética, os saltos, os arremessos e os testes combinados. Os testes de pista fazem parte do atletismo, um dos esportes mais antigos do mundo.

Embora o número de testes tenha variado ao longo dos anos, o senso original de disciplina permaneceu: trata-se de ter a capacidade de superar em esforço, desempenho e resistência aos oponentes.

Os 5 testes de pista mais importantes 1

Esses testes são praticados desde institutos, universidades até os mais importantes; jogos nacionais, mundiais e olímpicos, sendo este último considerado o mais alto nível de testes.

Os 5 testes de pista mais comuns

1- Corrida a pé

As corridas de pés têm como objetivo determinar quem é o participante mais rápido do grupo a partir de um horário definido.

Essas corridas são compostas por seis testes, que são os seguintes:

Corrida de velocidade

Nesse caso, você deve percorrer 100 ou 400 metros no menor tempo possível.

Corrida de fundo e distância média

É contestado fazendo uma rota de 800 a 3000 metros a distâncias intermediárias entre a velocidade e o fundo.

Corridas de rua

São aqueles realizados fora do estádio, em estradas ou trilhos. Um exemplo dessas raças são maratonas.

Corrida de cross country

Eles não são mais praticados nas Olimpíadas. Consistia em uma corrida de fundo, mas em diversos espaços.

Corrida de passagem de cerca

É uma pista de obstáculos inspirada em passeios a cavalo.

Corrida de revezamento

É composto por quatro jogadores por equipe que devem percorrer uma distância no menor tempo possível, transmitindo ao parceiro a vara de madeira chamada testemunha a cada poucos metros.

2- marcha atlética

Este teste é de origem britânica, assim como a corrida de obstáculos. Consiste em percorrer uma distância entre 20 e 50 quilômetros, com a condição de não correr; eles devem andar apenas e pelo menos um pé deve estar sempre em contato com o chão.

Relacionado:  O que é agilidade na educação física?

3- Saltos

Os saltos são divididos em salto com vara, salto em distância, salto em altura e salto triplo.

Salto com vara

Ela remonta às atividades olímpicas dos gregos, mas a disciplina sofreu modificações pelos alemães no século XVIII. Consiste em flanquear uma trave sem fazer com que ela caia, usando o bastão como suporte.

Salto de longitude

Você deve pular da distância mais próxima para uma placa de saída.

Salto em altura

Consiste em pular em uma barra horizontal na altura mais alta que pode ser derrubada.

Salto triplo

Consiste em fazer três saltos após o impulso da placa de partida. O vencedor será aquele que já percorreu mais metros.

4- Lançamentos

Os arremessos podem ser de peso, de dardo, de martelo ou de disco, e em todos esses o objetivo reside em fazer mover o objeto para a maior distância possível.

5- Testes combinados

Esta categoria consiste em dez testes consecutivos de atletismo; Eles geralmente são feitos por dois dias. Eles também são conhecidos como decatlo.

A modalidade feminina é chamada heptatlo, consiste em sete testes e é praticada desde 1980.

Referências

  1. Jaramillo, C. (2003). Atletismo: metodologia para testes de aprendizado, pista e marcha. Recuperado em 17 de dezembro de 2017 de: books.google.es
  2. Testes de pista de atletismo. Retirado em 17 de dezembro de 2017 de: learn.org
  3. Campos, J; Gallach, J. (2004). Técnicas de atletismo Manual de ensino prático. Recuperado em 17 de dezembro de 2017 de: books.google.es
  4. Hornillos, I. (2000). Atletismo Recuperado em 17 de dezembro de 2017 de: books.google.es
  5. Rius, J. (2005). Metodologia e técnicas atléticas. Recuperado em 17 de dezembro de 2017 de: books.google.es

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies