Qual é a função das lendas?

Qual é a função das lendas?

As funções das lendas mais importantes são o ensino de aspectos religiosos e morais, a transmissão de conhecimentos, a promoção de comportamentos nas sociedades ou mesmo o entretenimento.

As lendas são contos populares de eventos sobrenaturais imersos em uma estrutura histórica real, transmitida oralmente ou por escrito através das gerações.

Esse tipo de conta é contextualizado em um momento histórico preciso e geralmente está diretamente relacionado aos costumes e tradições de uma comunidade específica. Portanto, há um certo caráter de veracidade em seu conteúdo.

As lendas geralmente incluem histórias fantásticas, como: o aparecimento de divindades, fantasmas ou seres mitológicos. Eles também contêm elementos de fé, ou explicações de fenômenos naturais.

Esses elementos geralmente são introduzidos na imaginação coletiva e constituem uma parte importante da cultura de uma cidade específica.

Principais funções das lendas

– Eles enfatizam aspectos religiosos e espirituais, bem como intenções associadas à moral e aos bons costumes de uma população.

– Eles demonstram um evento específico e detalham seu impacto na vida dos personagens e na comunidade associada.

– Eles adaptam a mensagem de acordo com o contexto social e o tempo. Graças ao dinamismo de seu conteúdo, as lendas não perdem a validade.

– Eles expõem e protegem a cultura. A idéia principal das lendas gira em torno de um personagem ou local icônico, ou um fato histórico; portanto, eles tendem a destacar as atividades diárias associadas a ele.

– Eles explicam o aspecto etiológico da trama; isto é, eles desenvolvem a origem e o fundamento dos eventos e o contexto que os preocupa (lugares, personagens, eventos etc.), o que ajuda a reforçar a história.

– Incentivam a capacidade de lembrar histórias, lugares, curiosidades e incidentes específicos, favorecendo a memória individual e coletiva dos membros de uma comunidade.

– Eles desenvolvem um gosto pela leitura e um interesse em preservar o patrimônio cultural.

– Eles reforçam aspectos da linguagem, como a amplitude do vocabulário e o uso de recursos literários, como metáforas, o uso de figuras de linguagem e exageros.

– Incentivam o interesse e a curiosidade sobre o conhecimento aprofundado das histórias populares, fato que incentiva, por sua vez, o trabalho de pesquisa sobre a tradição oral narrativa em determinados contextos geográficos.

Além disso, no caso da lenda transmitida oralmente, ela é narrada por uma pessoa diferente a cada oportunidade.

Consequentemente, a história muda toda vez que é contada, o que atribui certo dinamismo e validade às lendas.

Não há dúvida sobre a importância das lendas como forma narrativa, dada a simbiose existente entre aspectos reais (quadro histórico-geográfico) e aspectos fantásticos (aparecimento de criaturas míticas, figuras religiosas, elementos escatológicos).

Por meio de lendas, eventos que interessam ao homem desde os tempos antigos, como o valor das crenças religiosas e a relação entre vida e morte, continuam em voga.

Dada a variedade e versatilidade das histórias (e seus narradores), as lendas continuarão presentes na cultura popular de cada país ou região, manifestando representações genuínas de suas tradições e costumes mais profundamente enraizados.

Referências

  1. Carua, J. (2015). Lendas e suas funções. Recuperado de: literatureleyendas.blogspot.com
  2. Martos, E. (2007). Contos e lendas tradicionais: teoria, textos e didática. Edições da Universidade de Castilla – La Mancha. Ciudad Real, Espanha.
  3. Morote, P. (2001). Lendas e seu valor didático. Universidade de Valência, Espanha. Recuperado de: cvc.cervantes.es
  4. Pérez, J. e Merino, M. (2008). Definição de legenda. Recuperado de: definicion.de
  5. Wikipedia, A Enciclopédia Livre (2017). Lenda. Recuperado de: es.wikipedia.org

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies