Rastreio: o que é, métodos, aplicações e exemplos

O rastreio é uma técnica utilizada para acompanhar e monitorar a localização de objetos, pessoas ou informações ao longo do tempo. É uma ferramenta fundamental em diversas áreas, como logística, segurança, saúde e tecnologia. Existem diferentes métodos de rastreio, que podem variar desde o uso de dispositivos de GPS até a análise de dados em tempo real. Suas aplicações são amplas e incluem desde o rastreio de encomendas e veículos até o monitoramento de pacientes com doenças crônicas. Neste artigo, iremos explorar mais sobre o que é o rastreio, seus métodos, aplicações e exemplos práticos de sua utilização.

Entenda a função do rastreio e sua importância na logística de entrega de encomendas.

O rastreio de encomendas é uma ferramenta fundamental na logística de entregas, pois permite acompanhar o trajeto de um pacote desde a sua postagem até a entrega final. Com o avanço da tecnologia, o rastreio se tornou mais acessível e preciso, proporcionando uma melhor experiência para o cliente e facilitando o trabalho das transportadoras.

Existem diferentes métodos de rastreio, que podem variar de acordo com a empresa e o tipo de transporte utilizado. Alguns dos mais comuns incluem o uso de códigos de barras, RFID (Identificação por Radiofrequência) e GPS. Esses métodos permitem que as encomendas sejam monitoradas em tempo real, garantindo mais segurança e eficiência no processo de entrega.

A aplicação do rastreio é ampla e vai além do setor de logística. Ele também é utilizado em serviços de courier, transporte de cargas, e-commerce e até mesmo na gestão de frotas. A possibilidade de rastrear uma encomenda em tempo real proporciona mais controle sobre o processo de entrega, reduzindo custos e evitando possíveis problemas, como extravios e atrasos.

Um exemplo prático da importância do rastreio na logística de entregas é o caso de uma empresa de comércio eletrônico que utiliza um sistema de rastreio para acompanhar o status de todas as suas encomendas. Por meio desse sistema, a empresa consegue identificar possíveis falhas na rota de entrega, agir rapidamente para corrigir o problema e manter seus clientes informados sobre o andamento do processo.

Em resumo, o rastreio de encomendas é uma ferramenta essencial na logística de entregas, que proporciona mais segurança, eficiência e controle sobre o processo de entrega. Com o avanço da tecnologia, o rastreio se tornou cada vez mais preciso e acessível, contribuindo para uma melhor experiência do cliente e para o sucesso das empresas que atuam no setor de logística.

Conheça os diversos tipos de rastreio disponíveis para diferentes necessidades e situações.

O rastreio é uma técnica que permite localizar e monitorar a determinada pessoa, objeto ou veículo. Existem diversos tipos de rastreio disponíveis para atender diferentes necessidades e situações.

Um dos métodos mais comuns de rastreio é o GPS, que utiliza satélites para determinar a localização de um dispositivo. Este tipo de rastreio é amplamente utilizado em veículos para monitorar a frota de uma empresa ou para ajudar a localizar um veículo em caso de roubo.

Outro método de rastreio é o uso de RFID, que utiliza sinais de rádio para identificar e rastrear objetos. Este tipo de rastreio é frequentemente utilizado em ambientes de armazenagem e logística para acompanhar o movimento de mercadorias.

Além disso, existem também dispositivos de rastreio pessoal, como os relógios inteligentes, que permitem monitorar a localização de uma pessoa em tempo real. Estes dispositivos são úteis para garantir a segurança de crianças e idosos, por exemplo.

Em resumo, o rastreio é uma ferramenta poderosa que pode ser utilizada em diversas situações, desde o monitoramento de veículos até a segurança pessoal. Conhecer os diferentes tipos de rastreio disponíveis é essencial para escolher a melhor opção para cada necessidade.

Entenda o procedimento de rastreio de forma simples e eficaz.

Rastreio é um processo de monitoramento e acompanhamento de um determinado objeto, pessoa ou informação ao longo do tempo. Este procedimento é realizado através de diferentes métodos e tecnologias, com o objetivo de obter informações precisas e atualizadas sobre a localização e o status do que está sendo rastreado.

Existem diversos métodos de rastreio, que variam de acordo com o tipo de objeto ou pessoa a ser monitorado. Alguns dos métodos mais comuns incluem o uso de GPS, RFID, códigos de barras e sistemas de monitoramento por vídeo. Cada método tem suas próprias características e aplicações específicas, sendo escolhido de acordo com a necessidade e o objetivo do rastreamento.

Relacionado:  Catião: formação, diferenças com ânion e exemplos

O rastreio tem diversas aplicações em diferentes áreas, como logística, segurança, transporte, saúde e até mesmo no cotidiano das pessoas. No setor logístico, por exemplo, o rastreio de mercadorias é essencial para garantir a entrega no prazo e a segurança do transporte. Já na área da saúde, o rastreio de pacientes pode auxiliar no monitoramento de doenças crônicas e na prevenção de complicações.

Um exemplo prático de rastreio é o rastreamento de encomendas online. Ao realizar uma compra pela internet, é possível acompanhar o status da entrega através de um código de rastreamento fornecido pela transportadora. Dessa forma, o cliente sabe exatamente onde está sua encomenda e quando ela será entregue.

Em resumo, o rastreio é uma ferramenta essencial para monitorar e acompanhar objetos, pessoas ou informações ao longo do tempo. Com métodos eficazes e tecnologias avançadas, é possível obter dados precisos e atualizados, garantindo mais segurança, eficiência e controle nas mais diversas situações.

Qual é a função do rastreamento de informações na atualidade?

O rastreamento de informações na atualidade desempenha um papel fundamental no mundo digital em que vivemos. Com a quantidade cada vez maior de dados disponíveis online, é crucial para empresas, governos e até mesmo indivíduos acompanharem e monitorarem essas informações. Mas afinal, qual é a função do rastreamento de informações na atualidade?

O rastreamento de informações tem como principal objetivo coletar, analisar e interpretar dados relevantes para auxiliar na tomada de decisões estratégicas. Seja para monitorar a concorrência, identificar tendências de mercado, prever comportamentos do consumidor ou até mesmo para garantir a segurança cibernética, o rastreamento de informações é essencial.

Existem diversos métodos de rastreamento de informações, que vão desde o uso de ferramentas de web scraping até a monitorização de redes sociais. Além disso, o avanço da tecnologia e a utilização de algoritmos de inteligência artificial têm possibilitado a automatização desse processo, tornando-o mais eficiente e preciso.

No contexto empresarial, por exemplo, o rastreamento de informações pode fornecer insights valiosos para a elaboração de estratégias de marketing, desenvolvimento de produtos e até mesmo na gestão de crises. Já no âmbito governamental, o monitoramento de dados pode ser utilizado para combater fraudes, prevenir crimes e até mesmo para a melhoria dos serviços públicos.

Em resumo, a função do rastreamento de informações na atualidade é fornecer dados relevantes e atualizados que possam ser utilizados para otimizar processos, tomar decisões embasadas e se manter competitivo em um mundo cada vez mais digitalizado.

Rastreio: o que é, métodos, aplicações e exemplos

O rastreio é um processo físico mecânica pela qual as partículas sólidas de tamanho diferente são separadas fazendo-as passar através de um peneiro. Uma peneira é uma ferramenta que possui poros do mesmo tamanho em toda a superfície.

Partículas maiores que o poro ou orifício da peneira permanecem nele; enquanto os menores, com diâmetros menores que os poros, cruzam livremente a superfície.

Rastreio: o que é, métodos, aplicações e exemplos 1

Fonte: Ruben Alexander via Flickr

Além da peneira, este dispositivo ou instrumento também é conhecido como filtro, peneira, peneira ou filtro. De fato, a palavra ‘filtro’ é derivada do latim “ UMP ”, que significa peneira.

A peneira pode ser feita com metal, plástico, silicone, cerâmica; e pode ser uma tela, malha ou rede tecida. O tamanho dos poros da peneira é variável e dependerá da natureza e tamanho das partículas a serem separadas.

Existem peneiras, filtros ou utensílios domésticos simples de tamanhos diferentes que são usados ​​para separar ou arejar a farinha de trigo.

Com filtros ou filtros que funcionam como uma peneira, produtos sólidos contidos em líquidos são separados. Como por exemplo na preparação de café, ou ao liquefazer e coar um suco de goiaba para remover as sementes.

Nas indústrias alimentícia, farmacêutica e química, a triagem é uma parte fundamental da produção e controle de qualidade de produtos em pó e granulados.

Na área de construção, a peneiração é usada para separar a areia removendo partículas grandes. Também é utilizado no estudo da estrutura do solo, determinando o tamanho das partículas que o compõem.

O que é triagem?

Rastreio: o que é, métodos, aplicações e exemplos 2

Processo

A triagem é um método físico mecânico pelo qual partículas sólidas presentes em misturas heterogêneas podem ser separadas.

Por meio de um procedimento simples ou simples, as maiores partículas da mistura são retidas na superfície da peneira. Somente partículas cujo diâmetro é menor que os orifícios da peneira passam por este instrumento.

Relacionado:  Anetol: estrutura, propriedades, usos, toxicidade

Para que o processo de peneiramento ocorra, deve haver algum movimento entre a mistura a ser separada e a superfície da peneira. Assim, são estabelecidas correspondências entre os poros ou orifícios da peneira com as partículas que podem passar através deles.

O objetivo da triagem é separar as partículas sólidas de acordo com seu tamanho. Ao aplicar um único processo de peneiração, a mistura será separada em mais duas frações homogêneas.

Existe a fração de partículas retidas na superfície da peneira, conhecida como fração grossa ou de rejeição; e a fração que atravessa os furos da mesma, denominada fração fina ou peneirada.

Eficiência e aspectos do sólido

A triagem pode ser considerada eficiente desde que permita uma maior separação da mistura.

Para realizar o processo de triagem, é importante considerar a natureza da mistura a ser triada. A seleção da superfície da peneira, a inclinação da peneira, seu movimento, o tempo da peneira, entre outros aspectos.

A forma das partículas sólidas a serem separadas pode ser esférica, acicular ou fibrosa. As partículas esféricas em geral tendem a ter melhor separação ou peneiração do que as partículas fibrosas.

Existem partículas que tendem a formar agregados ou pedaços, que são tratadas como partículas maiores: como no caso da farinha.

Ao peneirar a farinha, os agregados ou pedaços que poderiam existir na mistura são dissolvidos por fricção entre as partículas. Componentes maiores de farinha, como farelo, permanecem no filtro durante o processo de peneiração.

Considerações sobre o processo

A oportunidade ou probabilidade de peneirar pode ser aumentada no processo de triagem, levando em consideração várias variáveis. A inclinação da superfície da peneira é importante: há uma inclinação ideal de acordo com o tamanho e a superfície das partículas.

Em geral, a triagem é feita por gravidade. Pequenas partículas passam livremente pela superfície da peneira. A triagem aumenta se a superfície da peneira sofrer algum tipo de movimento, entre outros fatores.

No nível industrial, existem processos que levam esses aspectos em consideração e fazem com que as partículas sejam forçadas através da peneira. Na maioria das vezes, eles usam equipamentos de peneiração com movimento na superfície da peneira para otimizar o resultado.

Tipos de separação

A classificação da triagem é realizada dependendo da umidade da mistura a ser separada; Pode ser peneirado a seco ou molhado.

Peneiração a seco

É realizada para as misturas de partículas que por natureza possuem pouca ou nenhuma umidade. Também se refere à triagem de substâncias ou misturas de partículas que foram previamente submetidas a processos de secagem.

Esse tipo de triagem é mais frequente, é utilizado em produtos vendidos em pó seco.

Peneiramento molhado

Neste tipo de peneiração, água ou outros fluidos são adicionados à mistura. Isso é feito para facilitar o arrasto ou passagem das melhores partículas através da peneira.

A triagem feita por esse método ou rota é mais eficiente; mas, em geral, é o menos usado. Quando esse tipo de peneira é usado em produtos cuja apresentação final é seca, eles requerem secagem após a peneiração.

Tipos de superfícies utilizadas

É importante considerar a abertura, a luz ou o diâmetro dos poros da superfície da peneira. Existem malhas de metal que oferecem aberturas do tamanho de 1 mícron (1 µ) de comprimento. O tamanho e a forma dos poros dependerão da trama ou dobra do tecido, barras ou placas de peneira.

Os tipos de superfície com os quais as peneiras são construídas podem incluir tecidos metálicos, de seda ou plásticos. Eles podem ser fabricados em chapas perfuradas, grades de barras de metal, arame, plástico e até bambu.

Entre os metais usados ​​com mais freqüência estão os aços inoxidáveis.

Tipos de equipamentos utilizados nesta técnica

O equipamento com o qual o procedimento de triagem é realizado é variado; Eles incluem grades, tambores, peneiras com agitação mecânica, vibratórias e oscilantes.

Instrumentos, máquinas ou equipamentos podem ser classificados dependendo se a superfície da peneira mostra movimento ou não. Com base nesse critério, o equipamento pode ser fixo ou móvel.

Entre os fixos estão os equipamentos cuja superfície de peneiração é estática. Entre elas, peneiras de grades inclinadas, barras estacionárias, formadas por tecidos estacionários geralmente metálicos, entre outras.

Relacionado:  Ácido fórmico (HCOOH): estrutura, usos e propriedades

Entre os classificados como móveis estão as peneiras com movimentos alternativos, oscilatórios, rotativos e vibratórios.

A triagem pode ser única, dupla ou múltipla. Existem vários sistemas de triagem: em paralelo ou em linha, em série ou em cascata.

A seguir, é apresentada uma breve descrição de alguns dos equipamentos ou máquinas de peneiras ou peneiras usados ​​com freqüência.

Grilles

Formada por barras de aço com espaços pré-determinados, usadas para peneirar rochas ou minerais antes de serem trituradas.

As grades podem ser estacionárias, ou seja, permanecem imóveis e não precisam de nenhum mecanismo que as faça se mover; ou vibratório, que executa o processo de triagem com um movimento para frente e para trás ou circular e, portanto, precisa de uma força mecânica.

Bateria

Formados por uma estrutura cilíndrica aberta nas extremidades, circundam um pano ou placas de arame com orifícios de um certo diâmetro. Existem tambores para uso manual, outros que no nível industrial podem ser rotativos.

Peneiras com agitação mecânica

Geralmente formado por uma estrutura retangular que segura um pano, tela metálica ou chapa perfurada. Esta peneira é levemente inclinada, com um suporte flexível de mola que permite agitação.

Peneiras vibratórias

Eles imprimem o processo de peneiramento mais rapidamente e oferecem maior desempenho na seleção de tamanho de partícula. Existem peneiras com vibração mecânica e outras com vibração elétrica.

Existe uma grande variedade de peneiras: rotação horizontal ou vertical, peneiras de movimento oscilante, vibração eletromagnética, peneiras centrífugas, entre outras.

Aplicações

Rastreio: o que é, métodos, aplicações e exemplos 3

Fonte: Pixabay

-Na área de construção, a peneiração é usada para separar a areia, especificamente na indústria de cimento. Esse processo é essencial para avaliar a distribuição do tamanho de partícula de um material granular. Esse procedimento é chamado de gradação e é muito útil em engenharia civil.

-Nos laboratórios de estudos de solo, são utilizadas peneiras com o tamanho dos poros graduados. Essas peneiras permitem que os diferentes componentes do solo sejam separados e estudados com base no tamanho de seus componentes.

-Há uma grande diversidade em sistemas de filtração que trabalham com o princípio de peneirar para separar partículas sólidas de meios líquidos.

-No nível industrial, existem filtros duplex ou de filtro duplo inseridos ao longo de tubos de água, combustível ou óleo. Esses filtros duplos, ou cesto duplo, permitem eliminar partículas contaminantes do sistema desses fluidos por peneiração dupla.

-Na indústria alimentícia, o processo de peneirar pasta de controle de qualidade que permitirá comercializar o produto. Para obter texturas suaves durante a preparação de alimentos como molhos, sopas e creme, é usada a peneiração.

– Além disso, a peneiração é utilizada para decorar as sobremesas por aspersão, por exemplo, açúcar de vidro, cacau em pó, entre outras.

Exemplos

-Um dos exemplos de peneiração é o aplicado à separação da farinha de trigo antes de fazer um bolo. A farinha de trigo é passada através de um filtro caseiro para reter pedaços ou algumas partículas estranhas.

-Existem vários produtos alimentícios selecionados em nível industrial, como sêmola, fubá, grãos, entre outros.

-Nos laboratórios onde é realizado o estudo da estrutura dos solos, é utilizada a triagem em granulometria. Com essa técnica, são feitas curvas granulométricas que permitem conhecer o tamanho das partículas que formam o solo.

– Coadores ou tigelas grandes com furos também são usados ​​para peneirar ou coar o macarrão, legumes ou arroz. Os coquetéis são peneirados usando filtros para remover o gelo das bebidas.

– É utilizada peneira dupla ou múltipla no nível do tratamento da água, separando os sólidos presentes nas águas residuais. Primeiro, uma peneira é feita para elementos grossos e depois para partículas mais finas.

Referências

  1. Instituto Europeu de Patentes (2018). B07B. [PDF]. Recuperado em: cooperativepatentclassification.org
  2. Retsch GmbH. (2018). Análise de peneiras Recuperado de: retsch.com
  3. Amostragem e preparação de amostras. (sf). Tópico 4: Separações mecânicas. [PDF]. Recuperado de: laboratoriesuperior.files.wordpress.com
  4. Wikipedia (2018). Peneira Recuperado de: en.wikipedia.org
  5. Science Quest (sf). Separando misturas. [PDF]. Recuperado de: wiley.com

Deixe um comentário