Soluções alcalinas: definição, propriedades e usos

Soluções alcalinas são aquelas que possuem um pH maior que 7, indicando a presença de íons hidroxila (OH-) em maior concentração. Essas soluções são comumente conhecidas por suas propriedades básicas, como a capacidade de neutralizar ácidos e de reagir com ácidos graxos para formar sabões. Além disso, as soluções alcalinas são amplamente utilizadas em diversos setores, como na indústria química, na limpeza de superfícies, na agricultura e até mesmo na fabricação de produtos de higiene pessoal. Suas propriedades e usos são fundamentais para diversos processos e aplicações, tornando-as essenciais em diferentes áreas da ciência e da tecnologia.

O significado de soluções alcalinas e sua importância no cotidiano das pessoas.

As soluções alcalinas são aquelas que possuem um pH maior que 7, ou seja, são consideradas básicas. Elas são compostas por substâncias que, ao serem dissolvidas em água, liberam íons hidroxila (OH-) que são capazes de neutralizar ácidos. Alguns exemplos de substâncias alcalinas são a soda cáustica, o hidróxido de sódio e o bicarbonato de sódio.

Essas soluções possuem diversas propriedades, como a capacidade de neutralizar ácidos, de limpar superfícies e de atuar como conservantes. Além disso, as soluções alcalinas são amplamente utilizadas no cotidiano das pessoas, seja na limpeza doméstica, na indústria de alimentos, na indústria farmacêutica ou na agricultura.

Na limpeza doméstica, as soluções alcalinas são utilizadas na limpeza de pisos, azulejos, vidros e até mesmo na remoção de manchas de roupas. Na indústria de alimentos, elas são empregadas na fabricação de produtos como queijos, chocolates e refrigerantes. Já na indústria farmacêutica, as soluções alcalinas são utilizadas na fabricação de medicamentos e cosméticos. Na agricultura, são utilizadas para corrigir a acidez do solo e melhorar a absorção de nutrientes pelas plantas.

Portanto, as soluções alcalinas desempenham um papel fundamental no cotidiano das pessoas, contribuindo para a limpeza, conservação de alimentos, produção de medicamentos e fertilização do solo. Seja em casa, na indústria ou na agricultura, essas soluções são essenciais para garantir a qualidade de vida e o bem-estar de todos.

Entendendo o conceito de propriedade alcalina em poucas palavras.

As soluções alcalinas são aquelas que possuem um pH acima de 7, sendo consideradas básicas. A propriedade alcalina está relacionada com a capacidade dessas soluções de neutralizar ácidos, devido à presença de íons hidroxila (OH-) que atuam como bases. Essas soluções também são conhecidas por terem um sabor amargo e por serem escorregadias ao toque. Alguns exemplos de soluções alcalinas comuns são a água de cal e a soda cáustica.

Entendendo a natureza das substâncias alcalinas: suas propriedades e aplicações na química.

As substâncias alcalinas são compostos químicos que possuem um pH acima de 7, caracterizando-se por serem bases. Elas são conhecidas por suas propriedades de neutralização de ácidos, formando sais e água como produtos da reação. Além disso, as substâncias alcalinas têm a capacidade de dissolver gorduras e óleos, tornando-as úteis em diversas aplicações.

Uma das propriedades mais importantes das substâncias alcalinas é sua capacidade de ionização em solução aquosa, liberando íons hidroxila (OH-) que conferem caráter básico à solução. Isso significa que as soluções alcalinas têm a capacidade de reagir com ácidos, neutralizando seu efeito corrosivo e diminuindo o pH da solução.

Relacionado:  Orbitais atômicos: em que consistem e tipos

As substâncias alcalinas são amplamente utilizadas na indústria química, principalmente na fabricação de produtos de limpeza, como detergentes e sabões. Sua capacidade de dissolver gorduras e óleos torna-as eficazes na remoção de sujeira e manchas. Além disso, as substâncias alcalinas são utilizadas na produção de fertilizantes agrícolas, na fabricação de vidro e na indústria farmacêutica.

Em resumo, as substâncias alcalinas desempenham um papel fundamental na química, tanto como agentes neutralizantes de ácidos quanto como componentes essenciais em diversas aplicações industriais. É importante compreender a natureza dessas substâncias e suas propriedades para utilizar de forma eficaz em diferentes processos químicos.

Qual a função do pH alcalino no organismo humano e sua importância?

Quando se fala em pH alcalino no organismo humano, estamos nos referindo ao equilíbrio ácido-base que é fundamental para o bom funcionamento do nosso corpo. O pH alcalino é responsável por neutralizar os ácidos presentes no organismo, mantendo um ambiente saudável e equilibrado.

Uma das principais funções do pH alcalino é regular a acidez do sangue, garantindo que ele se mantenha em um nível adequado para as células funcionarem corretamente. Além disso, o pH alcalino também ajuda a proteger os órgãos vitais, como o fígado e os rins, contra danos causados por substâncias ácidas.

A importância do pH alcalino no organismo humano é crucial para a prevenção de diversas doenças, como a osteoporose, a artrite e até mesmo o câncer. Quando o pH do corpo está desequilibrado e se torna excessivamente ácido, ele cria um ambiente propício para o desenvolvimento dessas doenças.

Por isso, é essencial manter uma alimentação equilibrada e rica em alimentos alcalinizantes, como frutas, legumes e verduras. Além disso, a ingestão de água alcalina também pode ajudar a manter o pH do corpo em níveis saudáveis.

Em resumo, o pH alcalino desempenha um papel fundamental na manutenção da saúde e no funcionamento adequado do organismo humano. Por isso, é importante estar atento aos hábitos alimentares e estilo de vida para garantir um pH equilibrado e prevenir doenças relacionadas ao desequilíbrio ácido-base.

Soluções alcalinas: definição, propriedades e usos

As soluções alcalinas são formados quando um álcali é dissolvido em água. Uma solução alcalina pode ser sintetizada em laboratório e também pode ser formada em processos naturais, como erosão.

Alguns exemplos de soluções alcalinas incluem hidróxido de sódio, hidróxido de potássio, hidróxido de magnésio e carbonato de cálcio. Cada uma dessas soluções tem aplicações diferentes em diferentes setores (O que é um alcalino ?, SF).

Soluções alcalinas: definição, propriedades e usos 1

Uma solução alcalina pode ser hidróxido de sódio

Os fabricantes geralmente usam soluções alcalinas em produtos como biocombustíveis, sabonetes, medicamentos, detergentes e produtos de limpeza, bem como em muitas preparações alimentares e aplicações especializadas.

Como agentes de limpeza, soluções alcalinas podem dissolver gorduras, óleos e proteínas (ADAMS, 2015).

Bases e álcalis para entender soluções alcalinas

Base, em química, refere-se a qualquer substância que na solução aquosa seja escorregadia ao toque, tenha um sabor amargo, mude a cor dos indicadores (por exemplo, transforma o papel de tornassol de vermelho em azul, como ilustrado na Figura 1), reage com ácidos para formar sais e promove certas reações químicas.

Exemplos de bases são os hidróxidos de metais alcalinos e alcalino-terrosos (sódio, cálcio, etc.) e as soluções aquosas de amônia ou seus derivados orgânicos (aminas).

Tais substâncias produzem íons hidróxido (OH-) (Britannica, composto químico básico, 2010). Existem diferentes tipos de classificações para ácidos e bases:

Soluções alcalinas: definição, propriedades e usos 2

Figura 1: O papel indicador usado para determinar o pH de um líquido. O papel fica azul quando uma solução é uma base.

Segundo a teoria de Arrhenius, as bases são substâncias que se dissociam na água para produzir átomos ou moléculas com carga elétrica, chamados íons hidróxido (OH-) (Britannica, teoria de Arrhenius, 1998).

A teoria de Brønsted-Lowry, também chamada de teoria de prótons de ácidos e bases, introduzida independentemente em 1923 pelo químico dinamarquês Johannes Nicolaus Brønsted e o químico inglês Thomas Martin Lowry, indica que qualquer composto que possa aceitar um próton (H +) de outro O composto é uma base. Por exemplo na reação:

Soluções alcalinas: definição, propriedades e usos 3

A amônia seria uma base, pois aceita prótons do ácido clorídrico (Britannica, Brønsted – Lowry theory, 1998).

A teoria de Lewis de ácidos e bases, introduzida em 1923, afirma que uma base é considerada como qualquer composto que possui um par de elétrons não compartilhados disponíveis e é capaz de se ligar a uma substância capaz de aceitá-los (ácido de Lewis).

Nitrogênio amoniacal e oxigênio na água são exemplos de bases de Lewis (Britannica, Lewis theory, 1998).

Os termos “solução básica” e “solução alcalina” são frequentemente usados ​​de forma intercambiável, particularmente fora do contexto da química.

Alcalis são geralmente definidos como um subconjunto das bases. É um hidróxido básico ou um sal iônico de um elemento de metal alcalino ou alcalino-terroso, que é solúvel em água, formando uma solução alcalina.

Apenas alguns álcalis são conhecidos, como hidróxido de sódio (NaOH), hidróxido de potássio (KOH), hidróxido de cálcio (Ca (OH) 2 ), carbonato de cálcio (CaCO 3 ) e hidróxido de magnésio (Mg (OH) 2 ) .

Não incluem bases de metais alcalinos, tais como NH 3 ou soluções de hidróxido de amónio, tais como, uma vez que eles não são formados por alcalino ou alcalino terroso.

Soluções alcalinas e sua relação com o pH

O potencial do hidrogênio, também conhecido como escala de pH, mede o nível de alcalinidade ou acidez de uma solução. A escala varia de zero a 14, com um pH menor que 7 sendo ácido e um pH maior que 7 sendo básico.

O ponto médio 7 representa um pH neutro. Uma solução neutra não é ácida nem alcalina. A escala de pH é obtida com base na concentração de H + na solução.

A escala de pH é logarítmica e, como resultado, cada valor inteiro de pH abaixo de 7 é dez vezes mais ácido do que o próximo valor mais alto. Por exemplo, pH 4 é dez vezes mais ácido que pH 5 e 100 vezes (10 vezes 10) mais ácido que pH 6.

Relacionado:  Alcanos ou hidrocarbonetos saturados: propriedades, exemplos

O mesmo vale para valores de pH maiores que 7, cada um dos quais é dez vezes mais alcalino (outra maneira básica de dizer) do que o próximo valor inteiro mais baixo. Por exemplo, pH 10 é dez vezes mais alcalino que pH 9 e 100 vezes (10 vezes 10) mais alcalino que pH 8 (Escala de pH, SF).

Soluções alcalinas: definição, propriedades e usos 4

Figura 2: escala de pH.

Da mesma forma, existe uma escala de pOH que é obtida com base na concentração de OH e é inversa à escala de pH (pH, pOH e escala de pH, SF).

Uma propriedade característica das soluções alcalinas é que, ao produzir íons OH-, o pH de uma solução aumenta para valores maiores que 7 (ou o pOH diminui para valores menores que 7).

Propriedades

A seguir, são apresentadas propriedades de soluções alcalinas:

1-Eles têm um sabor amargo.

O papel 2-litmus muda para azul.

3-Eles têm um toque ensaboado ou escorregadio.

4-Alguns são corrosivos. Exemplos, NaOH e KOH.

5-Um alcalino menos volátil desloca um alcalino mais volátil de seu sal. NaOH Eg (menos volátil) move-se NH 3 (mais volátil) a partir de NH 4 Cl.

NaOH (aq) + NH 4 Cl (aq) → NaCl (aq) + H 2 O (l) + NH 3 (g)

6-Reaja com ácidos para formar sais e água (reação de neutralização).

7-Eles conduzem eletricidade (ou seja, são eletrólitos).

8-Mostrar valores de pH acima de 7.

Usos

Como os álcalis são bases solúveis em água, eles possibilitam que as propriedades químicas das bases sejam utilizadas para muitos propósitos no laboratório, na indústria e em casa, uma vez que quase todas as reações químicas são realizadas em solução. .

O 1-NaOH é usado na fabricação de papel, sabão e cerâmica.

2-Ca (OH) 2 (cal abatida ou simplesmente “cal”) é adicionado aos solos ou lagos para torná-los menos ácidos.

A 3-indigestão é geralmente causada por um excesso de HCl no estômago e pode ser remediada por comprimidos de indigestão que contêm uma base como MgO ou CaCO3 para neutralizar o ácido.

4 – Os usos industriais incluem a fabricação de vários produtos químicos.

5-Eles são usados ​​em reações de redução de óxido para estabelecer o meio básico onde a reação ocorre.

Referências

  1. ADAMS, A. (2015, 17 de junho). O que é uma solução alcalina? Retirado de livestrong.com.
  2. Britannica, TE (1998, 21 de dezembro). Teoria de Arrhenius. Retirado de britannica.com.
  3. Britannica, TE (1998, 20 de julho). Brønsted – teoria de Lowry. Retirado de britannica.com.
  4. Britannica, TE (1998, 20 de julho). Teoria de Lewis Obtido em britannica.com.
  5. Britannica, TE (2010, 27 de abril). Composto químico de base Retirado de britannica.com.
  6. Escala de pH (SF). Recuperado de Chemistry.elmhurst.edu.
  7. pH, pOH e a escala de pH. (SF). Retirado de khanacademy.org.
  8. O que é um alcalino? (SF). Retirado de freechemistryonline.com.

Deixe um comentário