Tipos de liderança: As 10 classes e suas características

Existem diferentes tipos de líderes em grupos e empresas, com diferentes funções e características, cada classe com suas vantagens e desvantagens, prós e contras. Neste artigo, explicaremos a você, com exemplos, para aprender a diferenciá-los ou saber qual é o seu estilo.

Em algumas ocasiões, a liderança comercial de uma organização é determinada pela posição nela mantida. Por exemplo, aqueles que ocupam os cargos de gerência ou de maior responsabilidade são aqueles que desempenham as funções de dirigir, motivar ou supervisionar os funcionários ou colaboradores.

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 1

Mas nem sempre é esse o caso. Em outras ocasiões, os líderes aparecem informalmente e, assim, influenciam outros membros que fazem parte da organização. Portanto, o líder não precisa determinar uma posição de gerência sênior; pode haver “chefes e líderes”.

O que é liderança?

A liderança acumulou muitos dados empíricos ao longo do tempo. No entanto, não foi possível chegar a um consenso entre todos os autores que o investigaram. Apesar disso, continua sendo um tópico importante na psicologia social e nas organizações.

Liderança pode ser entendida de diferentes maneiras. No entanto, as organizações receberam diferentes significados de acordo com a orientação, especificamente três:

1. Primeiro, a liderança como atributo de uma posição na organização.

2. Como traço pessoal, de acordo com as características da pessoa.

3. Como conduta, de acordo com o modo como a pessoa age.

De acordo com a influência exercida pelo líder, podemos estabelecer a interação de três variáveis: o próprio líder, com suas características pessoais, os seguidores, que também possuem características pessoais, e o contexto em que o relacionamento está enquadrado.

Poderíamos definir liderança como a maneira pela qual os funcionários são influenciados a perseguir voluntariamente os objetivos da organização.

« Suponho que a liderança significou ter músculos, mas hoje significa conviver com as pessoas «.-Mahatma Gandhi.

Os 10 tipos mais normais de liderança em humanos

Liderança autocrática ou autoritária

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 2

Cidadãos norte-coreanos em homenagem às estátuas dos líderes Kim Il Sung e Kim Jong Il

Um dos tipos de liderança que pode ocorrer dentro da organização é a liderança autocrática ou autoritária.Essa classe de líder tem autoridade centralizada, limitando a participação dos funcionários e tomando decisões unilateralmente.

Além disso, ele espera obediência de seus seguidores e exerce poder sobre eles por meio de recompensas e punições.

O líder autocrático, dado que toma decisões e detém o poder unilateralmente, é quem decide todos os aspectos da organização (objetivos, procedimentos, metas de trabalho etc.).

Exemplos reais: Adolf Hitler, Napoleão Bonaparte, Genghis Khan, Donald Trump.

Liderança democrática ou participativa

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 3

Na liderança democrática, o líder tende a envolver funcionários de “nível mais baixo” na tomada de decisões. Além disso, é ele quem os incentiva a participar na decisão de procedimentos, objetivos, metas de trabalho, etc.

No entanto, devemos enfatizar que é ele quem também toma a última decisão ou quem tem a última palavra. Isso não significa que eu tomo as decisões unilateralmente ou sem considerar o resto da equipe.

Dessa maneira, ele tende a convidar outras pessoas a participar da tomada de decisões, o que faz com que os membros desenvolvam suas habilidades e habilidades, se sintam parte da equipe e estejam mais satisfeitos no trabalho.

Sentindo-se parte do grupo, os membros da equipe trabalham mais. É um tipo de liderança que, levando em consideração todos os membros, pode levar mais tempo, no entanto, grandes resultados são alcançados.

Se o trabalho em equipe é necessário e a qualidade é necessária, acima de tudo, esse é um estilo ideal. O líder participativo usa a consulta dos membros da equipe ao delegar.

Isso não significa que ele delega as decisões para outras pessoas, mas ele ouve outras idéias e, na medida do possível, aceita contribuições externas.

Exemplos reais: Obama, Nelson Mandela, Abraham Lincoln, George Washington, John F. Kennedy.

Liderança liberal ou laissez-faire

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 4

Esse tipo de líder é aquele que oferece liberdade absoluta quando se trata de atuar para os membros da organização, para que ele fique à margem e não interfira.Nesse caso, o líder deixa os membros do grupo trabalharem livremente, sem prestar contas.

Pode ser eficaz quando os próprios membros da equipe têm muita experiência ou, por exemplo, têm muita iniciativa na execução de projetos.

O líder liberal, diferentemente do participante, delega as decisões a seus seguidores, que assumem a responsabilidade.

Exemplos reais: Andrew Mellon, Herbert Hoover, Warren Buffet, Rainha Victoria.

Liderança burocrática

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 5

A liderança burocrática é aquela que garante que seus colaboradores / dependentes sigam as regras estabelecidas.

Esse tipo de liderança é apropriado em algumas circunstâncias. Por exemplo, quando encontramos riscos de segurança no trabalho (os operadores trabalham com máquinas perigosas ou substâncias tóxicas, por exemplo).

O líder garante que tudo o que eles fazem seja preciso e necessário. Poderíamos dizer que o líder burocrático tem uma ficha de ação sob a qual é governado no trabalho.

A seguir, ele não leva em conta nada de diferente e as coisas não podem ser alteradas e devem ser feitas da maneira marcada. Quando surgirem coisas não contempladas, o líder burocrático terá a solução preparada com antecedência.

Ele não é um líder empático , não está preocupado com a motivação dos membros de sua equipe ou com seu desenvolvimento pessoal.Como já mencionamos, pode ser útil nos casos em que o trabalho é perigoso e esse tipo de liderança pode trazer certos benefícios.

Exemplos reais: Winston Churchill, Colin Powell, Alfred P. Sloan.

Liderança carismática

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 6

Líderes carismáticos inspiram seus seguidores ou equipes a alcançar objetivos e trabalhar, com visões inspiradoras. No entanto, apresenta alguns problemas.

Por exemplo, esse tipo de líder tende a confiar em si mesmo acima dos membros de sua equipe, de modo que o sucesso parece ser marcado pela presença do líder.Está um pouco comprometido, porque se o líder sair, os projetos ou a própria empresa poderão ser afetados.

Ele é um líder inato que atrai pessoas, que gera entusiasmo e satisfação nos membros, tanto que ele pode se tornar a pessoa sem a qual as coisas não são bem-sucedidas.

Exemplos reais: Steve Jobs, Elon Musk, Martin Luther King Jr., Madre Teresa, Papa João Paulo II, Jack Welch.

Liderança natural

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 7

O líder natural é aquele que não foi oficialmente ou formalmente reconhecido, mas foi escolhido pelo grupo. Ele é quem lidera em qualquer nível da organização e atende às necessidades do próprio grupo.

Eles geralmente são líderes de comunicação, que motivam e satisfazem as necessidades dos membros de sua equipe. Eles lideram sem imposição, ao contrário do líder autoritário, e as decisões são tomadas sob a participação dos membros do grupo.

Alguns autores consideram que o líder natural dentro de um grupo é a pessoa que possui as melhores habilidades e acaba tomando as decisões de todo o grupo. Seria aquele funcionário que conhece melhor seu trabalho e que outros perguntam.

Além disso, esse tipo de líder é uma pessoa que entende o resto do grupo, conhece os pontos fortes e fracos de seus membros e desenvolve relacionamentos pessoais.

Portanto, não é suficiente que o líder natural conheça bem seu trabalho, mas também tenha habilidades sociais.

Exemplos reais: Cristiano Ronaldo, Michael Jordan, Lebron James.

Liderança transacional

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 8

Esse tipo de líder implica que seus seguidores ou membros de sua equipe o obedeçam. Eles recebem um pagamento em troca do esforço e das tarefas que realizam. Tudo isso implica que o líder dirige e pode punir aqueles que não realizam o trabalho da maneira desejada.

Para isso, garantem que os membros do grupo cumpram as tarefas propostas por meio de incentivos externos, ou seja, prêmios e punições.

Eles não pretendem mudar as coisas, mas buscam estabilidade. Eles estabelecem metas ou objetivos que se comunicam com os seguidores, a quem também especificam as recompensas e punições derivadas de seu trabalho.

É um tipo ótimo de liderança quando você deseja atingir um determinado objetivo de uma maneira específica. Eles se concentram na eficiência de uma atividade, portanto, é apropriado em situações em que os procedimentos já estão estabelecidos e as mudanças não são buscadas.

Esse tipo de liderança busca ser uma motivação extrínseca para os funcionários. Eles são líderes que aceitam a estrutura e a cultura da organização em que operam e geralmente são orientados a tarefas.

Exemplos: Bill Gates, Norman Schwarzkopf, Vince Lombardi, Howard Schultz.

Liderança transformacional

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 9

A liderança transformacional é aquela que motiva e inspira permanentemente os membros, é entusiasta e a transmite. Eles procuram novas iniciativas e agregam valor.

É semelhante em algumas características ao líder carismático, pois transmite coragem, confiança e entusiasmo aos membros de sua equipe. No entanto, ao contrário, o líder transformacional coloca o benefício do grupo acima de seu benefício pessoal.

Ele é um líder que cumpre os objetivos estabelecidos pela organização, mas, em vez de ficar lá, propõe novas idéias para tudo o que já foi alcançado. Não busca estabilidade, mas a mudança implementa novas idéias. Promove a estimulação de seus seguidores, promovendo novas idéias criativas e inovadoras na solução de problemas.

Eles são líderes capazes de mudar uma organização, bem como as expectativas e motivações de seus membros. Nesse tipo de liderança, o líder e os seguidores trabalham juntos em um estágio superior (o grupo acima do indivíduo).

Esse tipo de líder é respeitado e conquistou a confiança e a admiração dos membros, pois os encoraja a fazer as coisas de maneira diferente, a procurar novas oportunidades.

Utiliza comunicação aberta, individual e coletivamente, com todos os seus membros, compartilhando novas idéias. As características do líder transformacional podem ser resumidas no seguinte:

– Eles são líderes com carisma. Seus seguidores se identificam com eles e pretendem imitá-los. Os aspectos emocionais em seu relacionamento pesam muito, porque são líderes muito otimistas e entusiasmados.

– O líder os estimula através de grandes expectativas e os encoraja a explorar suas visões para alcançar soluções inovadoras.

– Eles são líderes que motivam e inspiram confiança.

– Eles são líderes que demonstram consideração individual em seus seguidores, estabelecendo relacionamentos pessoais com base nas necessidades de cada um.

Exemplos reais: Alexandre, o Grande, Marco Aurélio, William Edwards Deming, Peter Drucker, John D. Rockefeller, Simon Bolivar.

Liderança orientada para pessoas ou relacionamentos

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 8

O líder orientado para as pessoas se concentra em organizar, apoiar e desenvolver pessoalmente os membros que fazem parte de sua equipe. Eles são mais participativos, tendem a incentivar sua participação e levam em consideração as pessoas ao seu redor.

Começou como uma dimensão de liderança em oposição à liderança orientada a tarefas. No entanto, podemos encontrar líderes orientados para pessoas ou relacionamentos e para tarefas.

O líder orientado para as pessoas leva em consideração os sentimentos dos seguidores, os ajuda em seus problemas pessoais e é amigável e íntimo. É um líder focado em gerar respeito e confiança mútua, e está interessado nas necessidades e desejos dos membros de seu grupo.

Membros de grupos com um líder orientado para as pessoas tendem a ser trabalhadores mais satisfeitos, que não têm menos trabalho, ou seja, têm menos absentismo no trabalho e também produzem menos reclamações no trabalho.

Liderança Orientada a Tarefas

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 11

Os líderes orientados para a tarefa se concentram na tarefa em si, que os objetivos são alcançados e o trabalho é bem feito. Ocasionalmente, se o líder se concentrar exclusivamente na tarefa e negligenciar a orientação de pessoas ou relacionamentos, ele pode tender a ser autocrático ou autoritário.

É um tipo de liderança que se concentra na definição de quais são os objetivos, metas, papéis necessários para alcançá-los e ordens, planos, organização e controles para alcançar esses objetivos.

São líderes que não se concentram no bem-estar e na satisfação dos membros de sua equipe, pois o que importa é a produtividade e o escopo dos objetivos. Eles não se concentram na motivação dos membros da equipe.

Esse tipo de liderança é eficaz quando uma empresa ou grupo precisa atingir objetivos de maneira importante, em um curto período de tempo ou com barreiras difíceis a serem superadas.

Pelo contrário, se for mantido por longos períodos de tempo, os funcionários podem se cansar, sentir-se mal por não desenvolver relacionamentos pessoais e abandonar o trabalho.

Teorias de liderança

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 1

Dentro das teorias da liderança, encontramos:

A teoria dos traços de personalidade

Para os autores que se concentram nessa teoria, o líder é a pessoa que apresenta uma série de qualidades ou características pessoais que o levam a alcançar uma posição dominante.

Liderança seria um traço de personalidade que faz parte das pessoas de maneira inata, variando no grau em que elas possuem esse traço e sendo capaz de ser mediano e avaliado.

Nenhum suporte empírico foi encontrado para essa teoria, mas pode-se argumentar que algumas características da personalidade, como extroversão, inteligência, empatia ou autoconfiança, são características relacionadas à conquista e à liderança.

Teoria do comportamento

Segundo essa teoria, a liderança baseada no comportamento é explicada, de modo que esses autores consideram que, para analisar e definir corretamente a liderança, devemos nos concentrar no que os líderes fazem, nos comportamentos que realizam.

Para fazer isso, eles propõem se concentrar em estilos de liderança. Dentro dessa abordagem, por exemplo, estudos da Universidade de Ohio identificaram diferentes fatores no comportamento dos líderes.

Os resultados finais indicaram que seguidores ou funcionários percebiam o comportamento de seus líderes com base em duas dimensões relacionadas ao comportamento: orientadas para o trabalho e orientadas para as pessoas.

Quando falamos sobre orientação de pessoas, nos referimos ao grau em que o líder leva em consideração os sentimentos dos seguidores. Ou seja, o grau em que você os leva em consideração é aproximado, ajuda.

A orientação para o trabalho refere-se ao grau em que facilita as interações em grupo para obter o objetivo proposto e define as tarefas para alcançá-lo.

Abordagem humanística

McGregor, da abordagem humanista, foi um autor que criou dois estilos de liderança: um estilo mais autoritário, que ele chama de teoria X e um mais igualitário, que ele chama teoria de Y.

A teoria X afirma que o ser humano é relutante em trabalhar e que ele deve ser forçado a fazê-lo, enquanto a teoria Y tenta integrar os objetivos da organização e os do trabalhador.

Teoria do modelo de contingência

Esses modelos propõem que, para que um líder seja eficaz, a interação entre os comportamentos executados pelo líder e a situação em que o grupo / equipe que ele lidera deve ser levada em consideração.

O modelo interacionista

Essa teoria enfatiza os seguidores e o papel que eles desempenham na explicação do comportamento do líder.

E l liderança iria ser definida pelo comportamento dos suportes; Quando são seguidores mais conflitantes, os líderes adotam posições autoritárias.

Por outro lado, quando os seguidores não são conflitantes, o líder tende a adotar uma postura mais amigável.

Liderança como processo de atribuição

Essas teorias se concentram na atribuição que a pessoa faz quando se trata de seguir um líder.

Assim, quando uma pessoa percebe em outra certos comportamentos que considera parte de um líder, geralmente atribui a essa pessoa o papel de líder.

Diferenças entre homens e mulheres

Tipos de liderança: As 10 classes e suas características 13

Há pesquisas que estudaram as diferenças entre homens e mulheres na liderança nas organizações.

Por exemplo, algumas diferenças são as seguintes:

– Os homens tendem a optar mais pela liderança focada em tarefas ou produção.

– As mulheres se concentram em uma liderança mais centrada nas pessoas.

– Os homens costumam usar um estilo mais diretivo e autocrático.

– As mulheres costumam usar um estilo mais democrático.

– As mulheres obtiveram (qualificadas por seus pares e seguidores diretos) maiores pontuações de eficácia.

Referências

  1. Kinicki, A. e Kreitner R. (2003). Comportamento organizacional: conceitos, problemas e práticas. México: McGraw-Hill. Capítulo 14, 348-365.
  2. Mallma-Vivanco, JC e Córdova-Marcelo, JL (2015). O líder da razão natural. Revista Cuaderno Empresarial, 1 (1), 66-72.
  3. Rivas Cuéllar, ME e López Fernández-Escandón, M. (2014). Psicologia social e organizacional. Manual de preparação para psicólogo residente interno.
  4. Rodríguez Nova, AM (2014). Liderança e ambiente de trabalho. Nova Universidade Militar de Granada. Colômbia

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies