17 Benefícios do Mate para a Saúde

Os benefícios do mate para a saúde são numerosos: é um antioxidante, previne doenças cardiovasculares, reduz os níveis de colesterol, melhora o desempenho físico, é anti-inflamatório, evita alguns tipos de câncer e outras propriedades que explicaremos abaixo.

O mate é uma bebida típica em algumas áreas da América do Sul, embora ultimamente esteja se tornando mais popular por seus benefícios à saúde. Cada vez mais não-latinos estão incorporando esta bebida em sua dieta.

17 Benefícios do Mate para a Saúde 1

Isso não é surpreendente, já que o companheiro já é considerado um alimento ou superalimento funcional. Isso significa que possui inúmeras propriedades nutricionais e uma grande variedade de componentes capazes de combater doenças.

Os curandeiros ou herbalistas tradicionais da América Latina sempre recomendaram e usaram o mate por seus efeitos positivos na saúde. Algumas das doenças e enfermidades às quais a erva-mate tem sido associada pela tradição são reumatismo, enxaquecas, resfriados, hemorróidas, retenção de líquidos ou fadiga.

É uma infusão com um caráter mais local que o chá ou o café, que são mais conhecidos graças à globalização. No entanto, o companheiro também possui propriedades nutricionais e benéficas para a saúde demonstradas por estudos científicos. Sim, é verdade que há menos pesquisas e são mais recentes, mas têm a mesma validade acadêmica.

Como outras plantas, a erva-mate é uma fonte rica de compostos fenólicos, entre os quais os ácidos cafeeoilquinínicos e seus derivados. Essas substâncias são responsáveis ​​por gerar os dezessete benefícios listados abaixo.

Um pouco de história

O mate é consumido desde os tempos pré-colombianos. Os índios guaranis presentes nesta parte da América do Sul já usavam essa preparação à base de plantas como produto medicinal e cultural.

Os colonos copiaram esse costume. No século XVI, essa planta começou a ser conhecida na Europa como grama dos jesuítas, que, ao conhecer suas propriedades, monopolizavam seu cultivo.

Benefícios do companheiro para a saúde física e mental

1- É antioxidante

Como outras bebidas feitas de ervas ou plantas como o chá, o mate é rico em polifenóis bioativos. Essas substâncias têm propriedades antioxidantes. Com isso, queremos dizer que o consumo habitual de mate é bom para evitar o envelhecimento celular e reparar tecidos danificados dentro do corpo.

Essa faculdade é de grande importância quando se trata de ajudar nosso corpo a combater doenças, como algumas das que citamos neste texto.

2-Previne doenças cardiovasculares

Em um experimento de 2005, foram demonstrados os efeitos positivos de Ilex Paraguarensis ou erva-mate no combate a doenças cardíacas. Neste estudo, o companheiro foi administrado a ratos de laboratório dez minutos antes de sofrer uma isquemia, ou seja, uma interrupção do fluxo sanguíneo devido à falta de oxigênio.

Eles também receberam outra dose de mate durante reperfusão ou restauração do fluxo sanguíneo. Este foi o primeiro teste que mostrou que o suco da erva-mate atenuou os danos causados ​​por um infarto do miocárdio.

Não há tanta pesquisa sobre os benefícios do mate quanto de outras plantas. No entanto, sua riqueza em polifenóis e o grande número de estudos relacionados à composição química do mate, semelhante à do chá, nos mostram a relação que tem com a prevenção de fatores de risco em doenças cardíacas.

3- Reduzir o nível de colesterol no sangue

O consumo de erva-mate reduz a lipoproteína de baixa densidade (LDL), conhecida como “colesterol ruim”. Também ajuda a aumentar a lipoproteína de alta densidade (HDL) ou “bom colesterol”.

Ao manter um bom nível de lipídios no sangue, o companheiro evita outras doenças como a aterosclerose, causada pelo acúmulo de placa nas artérias.

4- Ajuda na digestão

Esta infusão é preparada com uma grande quantidade de água. Isso torna uma bebida muito digestiva, bem como um purificador para o nosso corpo.

Além disso, o consumo de mate aumenta o fluxo de bile, a substância responsável pela digestão das gorduras, tornando nossa digestão muito menos pesada.

5- É diurético

O consumo de mate favorece a eliminação de líquidos graças ao seu alto teor de cafeína. É por isso que não devemos usar o mate como substituto da água, não importa quanto líquido esta infusão contenha. É bom beber água para evitar a desidratação.

6- Previne diabetes

Mate ajuda a reduzir altas concentrações de glicose no sangue. Isso foi demonstrado por um estudo de cientistas coreanos em 2012, no qual eles administraram essa planta em ratos alimentados com uma dieta rica em gordura.

Além disso, outro experimento com ratos publicado na revista Molecular and Cellular Endocrinology em 2011 mostra que o companheiro melhora a absorção de insulina pelo organismo.

7- Ajude a perder peso

Certamente você pensou em seguir uma dieta, seja para dar espaço aos doces de Natal ou para queimá-los depois que as férias passarem. Companheiro pode se tornar seu grande aliado.

Ao consumir erva-mate, nossa temperatura corporal aumenta e o metabolismo é acelerado. Isso faz com que as gorduras queimem mais rapidamente.

Por outro lado, o equilíbrio dos níveis de colesterol e glicose que mencionamos anteriormente, bem como a redução de triglicerídeos, previnem a obesidade.

Embora, devemos ter em mente que, como qualquer alimento, ele tem propriedades, mas não é mágico. Para alcançar os efeitos desejados, você deve combinar seu consumo com uma dieta equilibrada e exercícios físicos diários.

8- É estimulante

Seu alto teor de cafeína ativa o sistema nervoso central, mantendo-nos acordados. Se você não sabe o que levar para acordar de manhã, porque não gosta de café, o companheiro pode ser uma boa opção.

Como outras bebidas estimulantes, a infusão de mate não é recomendada para quem tem problemas para adormecer.

9- Combate à doença mental

De acordo com uma patente dos Estados Unidos em 2002, o companheiro inibe a atividade das monoamina oxidases (MAO). Alterações dessas enzimas podem causar depressão, alterações de humor, déficit de atenção ou até mesmo Parkinson. Portanto, o companheiro pode ajudar seu tratamento.

10- Diminuir a fadiga e melhorar o desempenho físico

O consumo de mate é altamente recomendado para o nosso corpo quando queremos nos exercitar. Ao ativar o sistema nervoso central, produz uma série de efeitos em nosso corpo que nos permitem atrasar a produção de ácido lático quando praticamos esportes.

Essa substância quando acumulada é o que causa fadiga ou fadiga em nossos músculos. Portanto, o consumo de mate dá tempo ao nosso corpo para continuar se exercitando e ao mesmo tempo queimar mais calorias.

11- É anti-inflamatório

Quando bebemos mate, evitamos a inflamação de nossos órgãos, graças ao seu alto teor de quercetina. A quercetina é um flavonóide encontrado naturalmente em plantas e vegetais. Além de ter um efeito anti-inflamatório, a quercetina também tem outras propriedades; É anti-histamínico, antioxidante, etc.

O mate também contém saponinas, moléculas que contribuem para esse efeito anti-inflamatório.

12- Previne alguns tipos de câncer

De acordo com um estudo publicado na revista Molecular Nutrition Food Research em 2011, os ácidos cafeoilquinínicos presentes no companheiro induzem apoptose. Ou seja, eles ajudam a destruir as células cancerígenas que causam câncer de cólon através da técnica in vitro, isto é, em tubos de ensaio, fora do corpo.

Também demonstra a capacidade anti-inflamatória desses ácidos presentes no companheiro, que não apenas ajudam o tratamento do câncer, mas também outras doenças.

Além disso, o mate é uma fonte rica de polifenóis, que também ajuda a prevenir outros tipos de câncer, como o câncer de boca.

13- Fortalece os ossos

O mate é um bom complemento para doenças como a osteoporose, pois demonstrou aumentar a densidade óssea.

Portanto, essa infusão é altamente recomendada para mulheres que já passaram pela menopausa. Após essa fase hormonal, as mulheres perdem massa óssea e aumentam o risco de contrair doenças como a osteoporose. O mate pode ser um bom instrumento para combater essa perda e evitar doenças futuras.

14- É um alimento nutritivo

Além de ser um alimento funcional, o companheiro é uma boa opção para quem não gosta de chá ou café. Como essas duas bebidas, é muito nutritivo. O mate contém potássio, magnésio, vitamina B1, B2, A, C e muitos outros nutrientes essenciais para uma dieta equilibrada.

15- Previne danos cerebrais

Mais uma vez, os polifenóis e sua capacidade antioxidante ajudam a reparar os danos de nossos neurônios, protegendo nosso cérebro.

Além disso, essas substâncias têm um efeito anticonvulsivo e neuroprotetor, muito benéfico para pessoas com epilepsia. O mate reduz a frequência com que ocorrem ataques epiléticos e minimiza os danos às células causados ​​por ataques muito recorrentes.

16- Inibe o crescimento microbiano em alimentos

A erva-mate também foi usada para fazer refeições mais saudáveis, graças à sua atividade antimicrobiana. Uma investigação da Associação Argentina de Microbiologia revelou que os extratos etanólicos e metanólicos da erva-mate atacam bactérias como a salmonela presente nos alimentos.

17- Reparar o DNA

Como vimos, a capacidade antioxidante do mate é muito útil para o tratamento de doenças como o câncer. Quando esses tipos de patologias são sofridos, o DNA pode sofrer danos.

Um experimento com ratos mostrou em 2008 que o chá mate pode prevenir danos ao DNA e melhorar seu reparo. Isso se deve novamente à capacidade antioxidante das substâncias bioativas que compõem o mate.

Valores nutricionais de mate (100 gramas) com base na quantidade diária recomendada

  1. Valor energético: 61,12 kcal
  2. Proteínas: 294 mg
  3. Lípidos ou gorduras: 0 mg.
  4. Carboidratos: 1234 mgr.
  5. Vitamina B1 (tiamina) 36%
  6. Vitamina B2 (Riboflavina) 52%
  7. Ferro 29%
  8. 100% de magnésio
  9. Potássio 23%
  10. Sódio 8%

Como esta bebida é consumida?

Na América Latina, o companheiro está bêbado em um recipiente que vem do porongo, uma espécie de abóbora. Essa garrafa pode ser chamada de diferentes maneiras, dependendo do tamanho do recipiente ou da área da América do Sul onde esta bebida é consumida.Alguns deles são companheiros, cujos, porongo ou guampa. Folhas de erva-mate, previamente secas, em água quente são introduzidas neste vaso.

O mate geralmente é quente com a ajuda de um sorvete ou palha de metal, chamada de “bulbo”.

Existe outra forma de consumo, conhecida como tereré, que consiste em uma mistura de folhas de mate, mas desta vez com água fria. A esta mistura são adicionados produtos aromáticos refrescantes, como folhas de hortelã.

Existem também outras formas menos conhecidas de beber mate, como cerveja ou refrigerante de erva-mate.No entanto, é comum adicionar adoçantes, ou mesmo em alguns lugares, leite, para reduzir a amargura natural do companheiro.

Fraude no companheiro?

Existem diferentes tipos de erva-mate ou Ilex, que em alguns casos são considerados uma fraude. Isso ocorre porque eles adulteram a bebida porque não contêm as propriedades de Ilex paraguarensis . Algumas dessas espécies são: I. dumosa, I. theezans ou I. brevicuspis .

Mate é considerado por lei bebida nacional na Argentina.

Onde posso encontrar um companheiro para experimentar?

Você pode comprar mate em herbalistas e, se não souber prepará-lo, na Internet encontrará milhares de receitas e tutoriais.

Referências

  1. Arçari, DP, Bartchewsky, W., Santos, TW, Oliveira, KA, Deoliveira, CC, Gotardo, É M., Pedrazzoli Jr, J. Gambero, A., FC, L., Ferraz, P. & Ribeiro, ML (2011). Os efeitos anti-inflamatórios do extrato de erva-mate (Ilex paraguariensis) melhoram a resistência à insulina em camundongos com obesidade induzida por dieta com alto teor de gordura. Molecular and Cellular Endocrinology, 335 (2), 110-115. doi: 10.1016 / j.mce.2011.01.003
  2. Buffo, R. (2016, julho). Erva-mate: Química, Tecnologia e Propriedades Biológicas [Resumo]. Explorando os benefícios nutricionais e de saúde dos alimentos funcionais, 185-194. doi: 10.4018 / 978-1-5225-0591-4.ch009
  3. Conforti, AS, Gallo, ME e Saraví, FD (2012). O consumo de erva-mate (Ilex paraguariensis) está associado a maior densidade mineral óssea em mulheres na pós-menopausa [Resumo]. Bone, 50 (1), 9-13. doi: 10.1016 / j.bone.2011.08.029
  4. Marcowicz, DH, Moura de Oliveira, D., Lobato, R., Carvalho, P. e Lima, M. (2007). Erva-mate: Propriedades farmacológicas, pesquisa e biotecnologia Recuperado em 11 de novembro de 2016.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies