Pré-leitura: características, para que serve e exemplos

Pré-leitura: características, para que serve e exemplos

pré – leitura  é uma ferramenta cujo objetivo principal é ajudar uma pessoa a entender um texto o mais abrangente e detalhado possível por meio de uma série de etapas preliminares à leitura. Portanto, é um sistema de preparação que ajuda a melhorar a compreensão de leitura e a eficácia dessa atividade.

A pré-leitura é uma das três fases em que o processo exaustivo de leitura é dividido, sendo a primeira. Seu objetivo é descobrir qual é a idéia geral de um texto antes de enfrentá-lo, bem como seus temas secundários. Dessa forma, durante a própria leitura, será mais fácil estar atento a detalhes que não seriam possíveis de detectar de outra forma.

Para executar corretamente e atingir seu objetivo, o processo de pré-leitura deve seguir determinadas etapas e ter certas características. Por exemplo, é necessário que a pessoa identifique o tema principal do texto que irá enfrentar, compreenda sua organização e descubra o tipo de leitura e seu objetivo.

Embora possa ocorrer em muitos contextos diferentes, a pré-leitura é normalmente uma ferramenta usada principalmente no sistema educacional. Neste artigo, veremos algumas de suas principais características, funções e um exemplo para melhor ilustrar o processo.

Características de pré-leitura

– Geralmente é feito com textos curtos e complexos

A leitura prévia pode ser usada em praticamente qualquer situação. No entanto, é mais preparado para determinados contextos, podendo fornecer utilidade máxima somente quando usado com certos tipos de textos. Por esse motivo, é comum encontrar essa ferramenta apenas em áreas como educação ou ciência.

Com que tipo de texto é mais comum a utilização da pré-leitura? Como requer o estudo da escrita pela primeira vez antes de fazer uma leitura atenta, geralmente é usada apenas com textos relativamente curtos e mais complexos que o normal.

Relacionado:  Ensino de modelos pedagógicos (tradicionais e atuais)

Exemplos de tais escritos seriam um artigo científico ou um comentário de texto. São peças com uma complexidade geralmente mais alta que o normal, com poucas páginas e que requerem muita atenção para serem entendidas adequadamente.

– Procura entender a idéia geral do texto

O principal objetivo da pré-leitura é permitir que a pessoa tenha uma primeira idéia geral do assunto do texto estudado. Dessa maneira, durante uma segunda leitura mais profunda, o indivíduo poderá estar mais atento aos detalhes e nuances que, de outra forma, escapariam dele.

Normalmente, a pré-leitura faz parte de um processo mais amplo que busca ajudar a pessoa a entender um processo complexo da melhor maneira possível, sendo acompanhada de leitura profunda e pós-leitura para fornecer os melhores resultados.

– Pode envolver investigação

Para obter os melhores resultados ao ler um texto ou um livro, é possível executar várias etapas diferentes antes de iniciar o processo de leitura real. Por esse motivo, será sempre diferente, podendo encontrar diversos métodos para executar essa ferramenta.

Contudo, em quase todas as ocasiões, a pré-leitura exigirá uma investigação mais ou menos exaustiva do próprio texto, do autor e de sua intenção ao escrever. Dessa forma, a pessoa poderá coletar muitas informações que as ajudarão a entender melhor o que lêem.

Por exemplo, durante a leitura de um livro, um indivíduo poderia investigar quem era seu escritor, a que horas o trabalho está localizado e qual era o contexto dele. Ao mesmo tempo, você também pode ler a contracapa e os títulos dos capítulos para tentar ter uma idéia geral do trabalho.

Em alguns casos, pode até ser interessante coletar opiniões e comentários escritos sobre o trabalho em questão antes de começar a lê-lo, a fim de ter uma idéia mais formada antes mesmo de mergulhar nele.

Relacionado:  Ensinar modelos de ensino (tradicionais e atuais)

Para que serve a pré-leitura? (Funções)

– Aumentar a compreensão

O principal objetivo da pré-leitura em todos os contextos em que é aplicada é permitir que a pessoa entenda o mais profundamente possível o texto que irá enfrentar. É por isso que essa técnica é usada principalmente em áreas onde é necessário fazer leituras difíceis ou em assuntos muito complexos.

Quando estamos lendo um texto complicado sem conhecer de antemão as idéias que estão expostas nele, é muito provável que percam muitas das idéias expostas, além de não entender suas nuances.

Pelo contrário, se enfrentarmos um texto com idéias claras sobre seu conteúdo, será muito mais fácil entendê-lo e aproveitar ao máximo.

– Melhorar a motivação

A motivação é um dos aspectos mais importantes da leitura. Infelizmente, o hábito de ler está sendo perdido em muitos casos, algo que pode representar um problema sério em áreas como a educação. Nesse sentido, a leitura prévia pode ajudar a interessar as pessoas em um texto que elas precisam enfrentar de maneira obrigatória.

Freqüentemente, a falta de interesse em um trabalho ou texto está intimamente relacionada ao pouco entendimento da mensagem, às motivações do autor e às nuances do livro. A leitura prévia pode ajudar a melhorar o interesse de uma pessoa, ajudando-a a entender melhor o trabalho que deve ler.

– Incentiva a retenção

Ao permitir uma maior atenção aos detalhes de um trabalho ou texto, a leitura prévia também se mostrou muito útil para melhorar a memorização e retenção de dados que foram lidos. Isso é especialmente importante em áreas como educação ou ciência.

Exemplo

Vamos imaginar que um estudante de medicina precise ler um artigo científico sobre uma das mais recentes técnicas sendo investigadas para curar o câncer. É um texto complexo e cheio de terminologia técnica com a qual o aluno não está familiarizado; portanto, a leitura lhe parece uma tarefa muito complicada e desagradável.

Relacionado:  Método do tronco: para que serve, materiais, estágios

No entanto, depois de pesquisar o tópico em páginas da web, vídeos e fóruns, o interesse do aluno é despertado. Além disso, a explicação de um de seus professores sobre o assunto permite que ele entenda melhor os termos técnicos que apareceram no artigo. Depois de passar por todo esse processo, o aluno achará muito mais fácil entender o texto e tirar o máximo proveito dele.

Referências

  1. ” As fases, notas e tipos (pré-leitura, leitura e pós-leitura ” em: Comunicação oral e escrita. Obtido em: 15 de maio de 2020 em Comunicação oral e escrita: sites.google.com/site/materiacoe.
  2. “O que está lendo?” em: livrarias Nobel. Recuperado em: 15 de maio de 2020 nas livrarias Nobel: franquicias.libreriasnobel.es.
  3. “Pré-leitura” em: Centro Virtual Cervantes. Recuperado em: 15 de maio de 2020 no Centro Virtual Cervantes: cvc.cervantes.es.
  4. “Pré-leitura” em: Definição de. Obtido em: 15 de maio de 2020 em Definição de: definition.of.
  5. “Como a pré-leitura (e outras técnicas para ajudá-lo a se tornar um leitor melhor) funciona” na: BBC. Retirado em: 15 de maio de 2020 da BBC: bbc.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies